segunda-feira, 28 de julho de 2014

Release As Variações de Lucy

Livro: As Variações de Lucy
Autora: Sara Zarr
Editora: iD

Lucy Beck-Moreau é uma menina de 16 anos que cresceu com seu futuro já selado pela família: o de se tornar uma grande pianista. Desde pequena, sua carreira é conduzida à risca pela mãe, uma pianista frustrada, e o rigoroso avô. Com um grande talento para a música, ela passa a ser requisitada para concertos e recitais no mundo todo. Prestes a se apresentar em um importante evento em Praga, porém, ela recebe a notícia da morte da avó e sente-se traída pelos pais e pelo avô. Nesse momento, ela desiste de tudo. Seu irmão mais novo, Gus, assume então a missão de se tornar o grande pianista dos Beck-Moreau, enquanto Lucy passa a viver um processo intenso de autoconhecimento, passando por momentos de dúvida, culpa, arrependimento, rebeldia, liberdade e amor.
Read More

Entrevista com a autora Jaque de Marco

Oi queridos, como estão vocês? Hoje venho mostrar pra vocês a entrevista que fiz com a querida aqutora Jaque de Marco, autora de Super Desapegada (resenha aqui), um dos livros mais legais, que li neste ano através do Booktour. Mandei alguma perguntas para a gente conhecer melhor a Jaqueline, ops, Jaque! Vem ver:

1. Quem é a Jaqueline?
Que pergunta difícil! A Jaque (sim, prefiro “Jaque”! rs) é mulher, filha, amiga, jornalista, escritora, leitora, tagarela, desastrada e tiete de carteirinha. Na verdade são várias características, mas paro por aqui para não “queimar” meu filme já na primeira questão. *risos*

2. Sempre quis ser escritora? Teve ou tem outras profissões?
Não sei dizer se sou uma jornalista, que também escreve ficção. Ou se sou uma escritora de ficção, que também é jornalista. Acho que as duas explicações caem bem para mim. Adoro escrever e, graças a Deus, tenho habilidade nisso. Talvez por essa razão as duas profissões me satisfaçam tanto. Mas nem sempre quis trabalhar com isso. Já tive vontade de ser professora, assistente social, profissional de informática... Enfim, aquelas dúvidas normais do período pré-vestibular. Mas ainda bem que me encontrei!

3. De onde tira inspiração para escrever? Conte como surgiu a ideia de Super Desapegada?
Faço isso há muito tempo e, como sou Jornalista, escrever faz parte da minha rotina. Embora só comecei a escrever ficção em 2002 com as fanfictions. Participei e continuo participando de muitos fandons e sempre adorei ler e escrever fic e um dia pensei: “Por que não escrever um texto 100% meu, já que tenho habilidade para isso?”. E desde então produzo contos, crônicas e romances. A ideia do Super Desapegada simplesmente me veio à mente, assim como aconteceu com os demais projetos meus. Embora, é claro, que toda a minha experiência de vida acaba contribuindo e influenciando nos meus textos. Quem nunca teve um amor não correspondido? Ou teve que passar por várias situações embaraçosas para conquistar o tal amado? Tenho que confessar, tem muito de mim na história da Raquel.

4. Como foi publicar seu livro?
Acho que o problema de todo escritor iniciante é conseguir que as editoras acreditem no seu texto produzido. Entendo a pouca oportunidade oferecida pelas empresas, pois é sempre um risco investir no desconhecido. Mas, por outro lado, para o escritor é frustrante receber um “não” ou simplesmente o “silêncio” da demora de uma resposta. Eu recebi ofertas de publicação de duas editoras, mas com uma contrapartida que, para mim, naquele momento da minha vida, seria inviável. Por isso inicialmente optei pela produção independente e com impressão sob demanda. O que já foi um grande desafio! Fazer quase tudo sozinha não foi fácil. E depois disso vem a parte da divulgação, que é tão ou mais difícil ainda. Mas, enfim, tudo foi recompensado quando há alguns meses recebi um contato da Editora Draco com a proposta de publicação com eles. Fiquei imensamente feliz! Agora começam os detalhes mais administrativos, além de preparativos e ajustes até o produto final ficar pronto. Se for analisar todo o caminho árduo que o escritor tem para publicar um livro faz parecer que escrever a obra é o passo mais fácil, não? *risos*. Mas a satisfação que eu sinto a cada novo leitor, novo comentário e crítica faz toda a luta valer a pena. Estou muito feliz.

5. Tem recebido apoio dos blogueiros, como está sendo esta relação?
Nossa, muito apoio! Na verdade, os blogueiros têm sido os meus leitores mais carinhosos e dedicados. E o legal é que tenho mantido contato com tantos deles, que hoje considero vários como amigos de verdade. É uma delícia conversar com quem tem o mesmo vício que eu: a leitura. Além disso, já fui blogueira durante anos, então rola uma super identificação. E tem cada página profissional nessa blogosfera nacional, como o “Uma leitora”, que é um grande prazer para mim ter leitores tão especiais.

6. Novos livros a caminho? Fale um pouco sobre seus projetos para o futuro.
Com certeza! Estou escrevendo uma nova história, ainda sem previsão de lançamento, também na linha do chick-lit. É uma comédia romântica ambientada em São Paulo, cheia de confusões (a protagonista é louquinha, não tenho culpa! rs), que acredito que tirará risadas dos leitores. Estou quase finalizando a obra e já tenho ficado bem satisfeita com o resultado. Espero que os futuros leitores também gostem. Além disso, tenho mais dois livros roteirizados capítulo a capítulo, só esperando para começarem a ser escritos. E tem também o meu primeiro romance, o “A Dona do Cabelo Laranja”, que, por enquanto, ainda está guardadinho, esperando um dia ser publicado... quem sabe.

7. Diga um livro ou autor favorito!
Tenho tantos!!! Sou uma leitora compulsiva, que adora diversos gêneros literários, então seria impossível dizer um livro e um autor preferido. Posso citar alguns que me marcaram ou me emocionaram de alguma forma. Tem, por exemplo, a JK Rowling, que foi, definitivamente, a responsável por hoje eu escrever ficção já que comecei escrevendo fanfics de Harry Potter. Uma inspiração, uma diva. Não tem jeito! Eu sou apaixonada também pelo escritor espanhol Carlos Ruiz Zafón‎. Amo demais tudo o que ele escreve, mas o livro “A Sombra do Vento” tem um cantinho especial no meu coração. Um dos primeiros autores que eu li, e que PRECISO conhecer um dia, é o Luis Fernando Veríssimo. Meu escritor preferido de contos e crônicas. Não tem para ninguém, ele arrasa! E do meu gênero literário preferido, a comédia romântica, duas mulheres me fascinam com seus textos: a britânica Sophie Kinsella e a norte americana Rachel Gibson. Os livros delas são sempre divertidíssimos e seus protagonistas super apaixonantes. Um dia espero que meus chick-lits sejam tão bons quanto os delas! ;-)
Read More

domingo, 27 de julho de 2014

Booktrailer de Domingo #25

O booktrailer de domingo é um espaço para mostrar o que as editoras estão produzindo de legal em material audiovisual para divulgar os seus lançamentos. Hoje tem o vídeo do super lançamento da Editora Novo Conceito, Se Eu Ficar, livro da Gayle Forman que deu origem ao filme que estreia em 22 de agosto.
Read More

sábado, 26 de julho de 2014

50 livros que todo jovem deve ler

A leitura é uma das atividades que mais tem o poder de mudar opiniões e valores. Por isso, para jovens que ainda estão em processo de formação e conhecendo o mundo, existem alguns livros que podem ser importantes para o momento em que eles estão. Confira a lista de 50 obras que todo jovem deve ler, do Livros e Pessoas:

1 – O Grande Gatsby, de F. Scott Fitzgerald : O livro se passa em Nova York dos anos 20 e faz uma crítica ao “sonho americano”.

2 – A Metamorfose, Franz Kafka: Neste livro conhecemos Gregor Samsa, um jovem que, um dia, ao acordar, percebe que se transformou em um grande inseto asqueroso. (Já li e é ótimo, tem resenha aqui, dos primórdios do blog.)

3 – Bartleby, O Escrivão, de Herman Melville: O livro é narrado por um advogado que contrata um jovem para ser seu escrivão, entretanto, o rapaz age de maneira estranha: a única coisa que ele diz é “Eu preferia não fazer”.

4 – Dom Quixote, de Miguel de Cervantes: Em Dom Quixote conhecemos um fidalgo que após, ler muitas obras de cavalaria, enlouquece e passa a acreditar que é um cavaleiro.

5 – Candido, de Voltaire: Neste livro, Voltaire apresenta aos leitores a história do jovem Candido, um rapaz que está entrando na vida adulta e acaba passando por várias experiências neste processo.

6 – Crime e Castigo, de Fiodor Dostoievski: Crime e Castigo é um romance russo que narra a história de um jovem que comete um assassinato e vê sua vida mudar drasticamente depois deste acontecimento. (Não escondo que adoro os russos né, e Dostoiévski é sempre muito bom, a resenha está aqui.)

7 – 1984, de George Orwell: 1984 é um livro escrito na década de 40 que conta a história de um mundo dominado por ditadores e em que as pessoas não possuem liberdade ou privacidade. (Quando terminei de ler, pensei muito sobre a história, mas acabei não fazendo resenha :/)

8 – Coração das Trevas, de Joseph Conrad: Neste livro conhecemos Charles Marlow, um homem inglês que conta para os amigos em um bar suas aventuras dentro de um barco nos rios africanos. (Deu origem ao roteiro de Apocalipse Now, e só não tem resenha porque li antes de ter o blog, mas um dia quando eu reler escrevo meus pensamentos sobre.)

9 – A Rua das Ilusões Perdidas, de John Steinbeck: Em A Rua das Ilusões Perdidas, o autor nos apresenta uma pequena família norte-americana que vive nos piores meses da Grande Depressão dos Estados Unidos.

10 – Adeus às Armas, Ernest Hemingway: O livro mostra a história de um tenente norte-americano Frederic Henry, que serve no exército italiano durante a Primeira Guerra Mundial como condutor de ambulâncias.

11 – Um Conto de Duas Cidades, de Charles Dickens: O livro de Charles Dickens é um romance que fala sobre traição, vingança, além da brutalidade das guerras.

12 – Fahrenheit 451, de Ray Bradbury: No livro de Ray Bradbury, somos apresentados a um futuro em que todos os livros são proibidos e o pensamento crítico é oprimido pelas forças vigentes.

13 – Almas Mortas, de Nikolai Gogol: Nikolai Gogol foi um autor russo que em sua obra incompleta Almas Mortas conta a história de um burocrata afastado do serviço público por desonestidade.

14 – Laranja Mecânica, de Anthony Burgess: Inspiração para a adaptação cinematográfica de Stanley Kubrick, o livro Laranja Mecânica discute a relação entre entretenimento, violência e controle mental.

15 – O Mestre e a Margarida, de Mikhail Bulgákov: Escrito durante o regime comunista na Rússia, este livro conta a história da chegada do diabo à Moscou.

16 – Amada, de Toni Morrison: Amada é o livro mais conhecida da ganhadora do Prêmio Nobel de Literatura de 1993, Toni Morrison. Nele, conhecemos Sethe, uma ex-escrava que vive na época do fim da guerra civil dos Estados Unidos.

17 – O Homem Invisível, de Ralph Ellison: Este livro de Ralph Ellison conta a agonia de um homem negro vivendo na época da segregação social nos Estados Unidos no meio de homens brancos.

18 – My Ántonia, de Willa Cather: No livro de Willa Cather, o jovem Jim Burden começa a morar no interior do estado norte-americano de Nebraska após a morte dos pais e se apaixona pela jovem Ántonia.

19 – O Morro dos Ventos Uivantes, de Emily Brontë: Uma das maiores histórias de amor da literatura, em O Morro dos Ventos Uivantes conhecemos Heathcliff e Catherine, duas pessoas que se amam mas não conseguem ficar juntas. (Um dos romances mais sombrios e tristes e lindos desta vida, vem ler minha resenha aqui.)

20 – O Manifesto Comunista, Karl Marx: No Manifesto Comunista, os leitores podem conhecer os princípios estruturais do comunismo e entender a importância desse movimento para a história da humanidade.

21 – O Príncipe, de Maquiavel: Você conhece a frase “os fins justificam os meios”? Ela foi escrita no livro O Príncipe, de Maquiavel, que explica como um governante deve se portar para que seu povo o ama e o tema.

22 – O Estrangeiro, de Albert Camus: Neste livro, conhecemos a história de um homem chamado Meursault que se sente um estrangeiro em relação a tudo que ele vive.

23 – O Ser e o Nada, de Jean-Paul Sartre: Na obra do filósofo Jean-Paul Sarte, vemos o início do existencialismo, vertente da filosofia que vê a consciência humana como transcendente.

24 – A Divina Comédia, de Dante: Um dos livros mais famosos da história, A Divina Comédia é contada por meio de poemas e acompanhamos a trajetória de um cristão após a sua morte.

25 – Hamlet, de William Shakespeare: Hamlet é uma das obras mais conhecidas de William Shakespeare. Nela, vemos o jovem Hamlet planejando a vingança da morte do seu pai, o rei, causada por seu irmão, que roubou o trono. (Uma das minhas favoritas de Shakespeare, tem resenha da HQ por aqui.)

26 – O Paraíso Perdido, de John Milton: Conta por meio de poemas a história cristã sobre a queda do homem, ou seja, a tentação de Eva e a expulsão dos dois do Jardim do Éden.

27 – O Rio que Saía do Éden, de Richard Dawkins: De um dos maiores biólogos da atualidade. Em seu livro “O Rio que Saía do Éden”, ele explica com uma linguagem fácil as principais teorias e evidências do evolucionismo.

28 – A Odisséia, de Homero: Elaborada por volta do século VIII a.C., a obra contra a história de Odisseu, um dos heróis da Guerra de Tróia. (Outro lido antes do blog, onde você reconhece muitas referências que não sabiam que eram tão antigas.)

29 – Os Lusíadas, de Luís Vaz de Camões: Os Lusíadas é uma epopeia portuguesa que mostra a coragem e a glória do povo português durante as descobertas marítimas.

30 – As Viagens de Gulliver, de Jonathan Swift: A obra é uma das mais conhecidas da história e conta a história de Gulliver, homem que sofre um naufrágio de navio e acaba conhecer uma ilha em que todos os habitantes são extremamente pequenos.

31 – Admirável Mundo Novo, de Aldous Huxley: Neste livro, somos apresentados a um futuro em que a genética humana é totalmente controlada pelas pessoas, e isso tem fortes impactos na sociedade.

32 – Lolita, de Vladimir Nabokov: Lolita é um livro em primeira pessoa, narrado por Humbert Humbert, professor de francês que se apaixona pela sua enteada de doze anos. (Em parte doentio, em parte poético, tive reações adversas à leitura, vem ver a resenha aqui.)

33 – O Primo Basílio, de Eça de Queirós: O Primo Basílio é uma das principais obras realistas, em que somos apresentados a Luísa, uma moça que vive em uma típica família burguesa, mas que cultiva uma grande paixão escondida por seu primo Basílio.

34 – Orgulho e Preconceito, de Jane Austen: A história é um romance histórico ambientado na Inglaterra do século XIX e conta a história de amor entre Elizabeth Bennet e Mr. Darcy. (Está no meu Top 5 com certeza, um dos livros mais belos já escritos da nossa diva Austen <3, já li e reli muitas vezes, mas nunca resenhei. Mas você pode ler mais sobre a Jane aqui.)

35 – O Retrato de Dorian Gray, de Oscar Wilde: Neste livro conhecemos Dorian Gray, um jovem que acaba amando demais a sua aparência e deixando de lado o seu interior. (Possivelmente meu favorito, junto com O&P, adoro o humor e a sagacidade do Oscar Wilde. Tem resenha só da HQ.)

36 – Cem Anos de Solidão, de Gabriel García Márquez: Em uma das obras mais famosas do autor, somos apresentados à família Buendía – Igarán, fundadora da cidade de Macondo. (Um dos livros mais belos e mais bem escritos já feitos, só me prometa que você também vai ler, e daí vai entender. Não fiz resenha dele, mas comentei sobre no Meme de um Mês.)

37 – Frankstein, de Mary Shelley: O livro conta a história de Victor Frankenstein, estudante de medicina que decidir dar vida a um monstro em seu laboratório.

38 – A Ilíada, de Homero: A Ilíada é um poema épico grego que narra o período de aproximadamente 50 dias entre o décimo e último ano da Guerra de Tróia e cuja gênese radica na ira, de Aquiles. (Mais um que li antes do blog, mas que com certeza vale a pena.)

39 – O Último dos Moicanos, de James Fenimore Cooper: Ambientado na época de formação dos Estados Unidos da América no século XVIII, o livro segue a trajetória de diferentes personagens em diversas situações desafiadoras.

40 – O Mundo se Despedaça, de Chinua Achebe: O autor nigeriano Chinua Achebe conta em seu livro o choque de cultura e valores que ocorreram entre os colonos ingleses e as tribos do seu país durante a época da colonização.

41 – A Cor Púrpura, de Alice Walker: Neste livro, ganhador do Prêmio Pulitzer de 1983, conhecemos a história de uma garota chamada Celie, de 14 anos, que é abusada sexualmente do próprio pai e tem dois filhos com ele.

42 – Jane Eyre, de Charlotte Brontë: Em Jane Eyre, somos apresentados a Jane, uma professora que passa a ser tutora de uma menina que mora em um castelo no interior da Inglaterra. Na história, Jane se apaixona pelo pai da criança, Edward Rochester.

43 – O Contrato Social, de Jean-Jacques Rousseau: Um dos filósofos mais importantes do século XVIII e em seu livro ele explica o conceito de contrato social, ou seja, um contrato imaginário que todos concordamos para podermos viver em sociedade.

44 – Assim Falou Zaratustra, de Friedrich Nietzsche: Neste livro Nietzsche narra a história de Zaratustra, um filósofo da antiga Pérsia que participou da fundação do Zoroatrismo. O livro possui tanto informações reais quanto fictícias, por isso, fique atento durante a leitura.

45 – O Ramo de Ouro, de James George Frazer: O Ramo de Ouro é uma das principais obras para quem deseja conhecer mais sobre a antropologia envolvida com a religião, mitos e lendas da história das sociedades.

46 – Guerra e Paz, de Liev Tolstoi: Guerra e Paz narra um romance que acontece na Rússia durante a época de Napoleão Bonaparte, contando as guerras napoleônicas russas.

47 – Os Sofrimentos do Jovem Werther, de Goethe: Os Sofrimentos do Jovem Werther é responsável pelo surgimento de um dos maiores movimentos literários no mundo: o romantismo. (É triste, é depressivo, mas é a coisa mais linda, eu li quando era novinha e não me lembro de tudo com clareza, mas sei que é um livro maravilhoso.)

48 – Uma Breve História do Tempo, de Stephen Hawking: O livro foi escrito por um dos maiores físicos da atualidade, Stephen Hawking. Nele, o autor escreve sobre teorias físicas com uma linguagem simples, desde o surgimento do mundo até os dias atuais.

49 – A Arte da Guerra, de Sun Tzu: O livro escrito por Sun Tzu, apesar de fornecer ideias e estratégias para campos de batalhas, também contem dicas de planejamento para a vida pessoal e profissional. (Vale a leitura, mas depende muito da interpretação de cada pessoa, pode funcionar ou não.)

50 – Ulisses, de James Joyce: Ulisses se inspira na obra Odisséia, de Homero, para contar a história de Leopold Bloom e Stephen Dedalus ao longo das 24 horas de um dia: 16 de junho de 1904.

Read More

sexta-feira, 25 de julho de 2014

Música de Sexta - Maroon 5

Música de Sexta é uma sessão semanal para mostrar algumas dicas musicais. Vamos falar de Adam Levine  Maroon 5, uma banda de pop rock de Los Angeles. Eles tem muitos hits, sendo o principal o vocalista, que recentemente casou, mas ainda podemos apreciar toda a beleza e grande personalidade do Adam Levine no The Voice. Escolhi Harder to Breathe, que faz parte do álbum com Sunday Morning, This Love e She Will Be Loved. Mas as mais recentes do grupo não deixar a desejar como Wake Up Call, Payphone e Moves Like Jagger.

Read More

5 Novas Biografias

Livro: Grace: A Princesa de Mônaco
Autor: Jeffrey Robinson
Editora: Leya

Conhecido como um dos romances mais famosos do século XX - o mais cobiçado solteirão da Europa, Príncipe Rainier de Mônaco, e a mais bela estrela de Hollywood, a atriz Grace Kelly, se apaixonaram, tendo como pano de fundo o cenário mais próximo de um conto de fadas que o mundo moderno foi capaz de produzir, a Riviera Francesa e o Principado de Mônaco.
 
Livro: Diário de Classe: A Verdade
Autora: Isadora Faber
Editora: Gutenberg

Aos 13 anos, Isadora Faber, uma estudante de escola pública de Florianópolis (SC), indignada com os problemas de ensino e infraestrutura de seu colégio resolveu criar uma página no Facebook, o Diário de Classe, para denunciá-los. Chamou a atenção da imprensa nacional e internacional, mobilizou milhares de seguidores e conseguiu as mudanças que reivindicou. Sua jornada, no entanto, foi árdua: sofreu críticas, ameaças, represálias, agressões e processos. Porém, não desistiu, e hoje tem mais de 625 mil seguidores, inspirou a criação de mais de cem Diários de Classe, já participou de inúmeras palestras e eventos, ganhou prêmios e fundou a ONG Isadora Faber, com a qual continua seu trabalho por uma educação pública de qualidade no Brasil.

Livro: A Donzela e a Rainha: A História Secreta de Joana D'Arc
Autora: Nancy Goldstone
Editora: Seoman

Esta biografia histórica explora o vínculo misterioso e secreto entre a mundana e poderosa Iolanda de Aragão, rainha da Sicília, e a mística Joana d'Arc. Envolvida na complicada batalha dinástica da Guerra dos Cem Anos, Iolanda defendeu a causa do delfim contra as forças da Inglaterra e da Borgonha, valendo-se de sua inteligência, diplomacia e vasta rede de espiões. Mas o inimigo parecia invencível. E justamente quando as esperanças da França se esvaíam, Joana d'Arc surgiu dos confins do reino dizendo-se portadora de uma mensagem divina - mensagem que mudaria o curso da história, levando por fim à coroação de Carlos VII e ao triunfo da França.
 
Livro: ABBA: A Biografia
Autor: Carl Magnus Palm
Editora: Best Seller

Sucesso durante as décadas de 1970 e 1980, o grupo Abba é lembrado até hoje tanto por músicas dançantes como ‘Ring Ring’ e ‘Dancing Queen’ quanto por baladas como ‘The Winner Takes it All’ e ‘Fernando’. Em Abba: A biografia, com base numa pesquisa detalhada, Carl Magnus Palm faz um retrato da trajetória dos integrantes ao estrelato, incluindo detalhes do relacionamento dos casais da banda, seus questionamentos e os motivos que levaram ao fim do Abba. 

Livro: Marlon Brando: A Face Sombria da Beleza
Autor: François Forester
Editora: Objetiva

Marlon Brando, “o maior ator do mundo”, um monstro sagrado. Desde sua estreia em Nova York em Um bonde chamado desejo à sua última aparição em A cartada final, ele teve um destino fora do comum. Como o homem de uma beleza inimaginável, de uma sedução extraordinária, de um talento sem igual pôde se transformar num fantasma obeso que se afundou na tragédia?  Marlon Brando - A face sombria da beleza, biografia extremamente bem documentada, relata o declínio de um dos maiores e mais belos atores de todos os tempos.
Read More

quinta-feira, 24 de julho de 2014

Ayrton Senna - A Trajetória de um Mito

de Christian Papazoglakis, Lionel Froissart e Robert Paquet (Editora Nemo)

A História em Quadrinhos conta um pouco da trajetória de Ayrton Senna da Silva, brasileiro e um dos maiores pilotos da história da Fórmula 1, e que teve sua vida abreviada por um acidente em 1 de maio de 1994. 

Uma personalidade brasileira muito conhecida, mas acima de tudo um ídolo para toda uma geração que aprendeu a assistir e gostar de F1, Senna começou cedo a gostar da velocidade. Correndo de kart ele descobriu que o volante seria seu instrumento de trabalho, e seu maior talento.





Sua habilidade sobre as rodas, que era potencializada nos dias de chuva é mostrada na história, assim como sua relação com a família e o apoio que ele recebeu nos primeiros anos em que participou de corridas no Brasil. Sua escalada para as grandes competições foi feita na base de muito trabalho e esforço.

  Sua dedicação rendeu frutos, e lhe trouxe lugar entre os maiores pilotos do mundo. A HQ acompanha o menino que gostava de correr na chuva e  que encantou o mundo sendo campeão mundial. Mostra também as suas rivalidades no esporte.

O traço da HQ é lindo, e a colorização ficou muito boa também. As cenas conseguem transmitir muito do sentimento e das emoções dos personagens. Cada início de capítulo mostra os carros da F1 que Senna pilotou.


A leitura foi rápida por que a HQ é muito interessante, não somente a história de Senna que é uma personalidade admirada por 10 entre 10 brasileiros, mas a forma como esta parte da vida dele é contada é muito boa. 

Os autores conseguiram transmitir muito bem a essência da fama de Ayrton e a idolatria do povo brasileiro por ele. A edição da Editora Nemo ficou muito boa, a impressão está com uma cor fantástica (veja nas fotos) e as páginas internas são de material bem resistente. chei que a capa poderia ser um pouco mais durinha, a minha amasou um pouco durante a leitura.

 Gostei muito da HQ e recomendo a leitura, e principalmente a compra, por que esta é uma daquelas que merece um espaço para sempre na estante.
Read More

quarta-feira, 23 de julho de 2014

Quote de Quarta #20

Inspiração semanal em forma de citações de grandes autores e grandes obras. De livros, e sobre livros!

Read More

Conteúdo Relacionado

© 2011 Uma Leitora, AllRightsReserved.

Designed by ScreenWritersArena