quinta-feira, 20 de julho de 2017

Danilo Leonardi, criador do Cabine Literária, lança a obra Coisas Inatingíveis


Sem escrúpulos e sem limites, Danilo Leonardi, criador do canal Cabine Literária, lança o segundo livro, Coisas Inatingíveis, pelo selo Outro Planeta, da Editora Planeta. Nesta história, o autor ultrapassa qualquer razão e mostra as consequências que as atitudes de quatro jovens podem causar.

Os sonhos dos personagens, a ânsia pelo sexo, pela bebida alcoólica e pelas drogas, - maconha, cocaína e cristal -, embalam a obra em uma loucura que incomoda quem lê. O tráfico e a forma como as pessoas envolvidas resolvem suas questões marcam uma presença inquietante. Porém, não há só momentos complexos, a história também aborda amor, amizade e cumplicidade incondicional.

Cristina é ácida, mas com um coração ingênuo. Acha que pode viver qualquer coisa, porém seus pensamentos mais íntimos mostram que ela continua a princesa do papai. Até onde ela é capaz de ir para provar que ela sabe o que faz de sua vida?

Raí, incontrolável, é um perigo para ele e para os outros. Faz de tudo para conseguir o que quer e surpreende com a capacidade de não sentir nada, mas sobrevive da vontade das pessoas de quererem sentir algo. Mas até quando essa indiferença?

Bernardo é doce e está em busca do entendimento de sua sexualidade, do amor e do que quer exatamente para si e carrega um amor incondicional. A homofobia permeia o caminho e pode ameaçar sua sanidade. Ele será capaz de se curar das pessoas?

Bianca é confiante e dona de si, mas guarda as inseguranças que qualquer pessoa que está no poder pode ter. Tem a responsabilidade de manter as situações em sigilo e faz isso como ninguém. Será que ela não tem fragilidades?

Estes quatro jovens são intrigantes, provocantes e capazes de estimular os sentimentos mais intensos, com suas características únicas e experiências tão próximas da realidade.

Em Coisas inatingíveis, Danilo Leonardi entrelaça quatro histórias numa trama de tirar o fôlego e que fará os leitores repensarem a vida. Jovens com diferentes visões, diferentes caminhos, mas com um único anseio: aproveitar todos os dias como se fosse o último. Com estilo próprio, o autor vai direto ao ponto, sem rodeios, com temas polêmicos que a sociedade prefere esconder.
Read More

quarta-feira, 19 de julho de 2017

Livros infantis mostram o encanto das belas histórias


Mostrar o poder encantador do que há de mais belo nas histórias, essa é a proposta dos livros infantis de estreia da artista plástica Giselle Vieira. Ela lançará dois livros simultaneamente, “O menino e a estrela” e “A menina do cabelo azul”. As obras têm como proposta divertir e fazer sonhar, além de formar jovens leitores. 

A autora esteve envolvida recentemente num trabalho infantil em parceria com a escritora e poeta Alexandra Vieira de Almeida, como ilustradora da série “Xandrinha e seus amigos”. 

Segundo Giselle, a beleza das histórias infantis se traduz na frase hipnótica “Era uma vez...”. Para ela, as obras infantis têm de mostrar o lado lúdico com a finalidade de encantar e emocionar crianças e pais, além de apresentar um viés educativo e empolgante. “Meus livros são para pessoas que gostam de contar histórias para seus filhos, netos, sobrinhos e alunos”.

- Por isso, a leitura precisa ser prazerosa não só para os jovens que ouvem, mas para quem lê também. As obras têm a proposta de levar aos leitores a riqueza de se contar uma história, para que percebam o que há de sublime na nossa realidade - ressalta. 

Giselle comenta que as duas histórias mostram, que apesar das mazelas e contradições na vida das pessoas, é possível superá-las com o belo toque da surpresa e do prazer que se revela num sonho possível de se tornar real. Realidade e sonho são as duas faces destes lindos contos infantis de Giselle Vieira.

O primeiro livro, “O menino e a estrela”, é sobre um garoto de rua que, apesar das dificuldades da vida, sonha em ter uma família. O objetivo é promover a caridade e o amor ao próximo, além de fazer com que as crianças reflitam sobre as pessoas que não têm onde morar.

O segundo, “A menina do cabelo azul”, conta sobre uma menina determinada a fazer valer as suas escolhas, como brinquedos e o amor à cor azul. Segundo Giselle, a ideia é fazer com que os leitores possam compreender a importância de se respeitar as escolhas diferentes dos outros e que cada um tem o direito de gostar do que quiser.
Read More

terça-feira, 18 de julho de 2017

Jovem escritora Ana Beatriz Brandão lança 'A Garota das Sapatilhas Brancas'


Acaba de entrar em pré-venda o livro A Garota das Sapatilhas Brancas, lançamento da escritora Ana Beatriz Brandão, pela Verus, do Grupo Editorial Record. E os fãs devem se antecipar. Se o efeito de 2016 se repetir, quando Ana lançou O Garoto do Cachecol Vermelho na 24ª Bienal Internacional do Livro de São Paulo, a primeira edição deve se esgotar rapidamente.

E os fãs da escritora vão adorar a novidade que a Record preparou para esta pré-venda! Aqueles que adquirirem o livro também irão ganhar uma surpresa especial: uma bolsa incrível com a ilustração da capa.

Na obra, Daniel Lobos vive a vida plenamente. Dono de um coração enorme, o jovem divide seu tempo entre duas paixões: a música e as causas sociais. Até que seu caminho cruza o de Melissa, uma bailarina preconceituosa e mesquinha, que põe à prova aquilo em que ele mais acredita: que todo mundo merece uma segunda chance. Este romance mostra, através das lembranças de diversos personagens já conhecidos em O garoto do cachecol vermelho, também escrito pela autora, como as decisões podem afetar o destino. 

A Garota das Sapatilhas Brancas terá lançamento oficial e sessão de autógrafos na Bienal Internacional do Rio de Janeiro com data e horário a serem confirmados. O romance anterior, O Garoto do Cachecol Vermelho, já está na quinta edição e é sucesso de vendas. No ano passado, chegou a esgotar antes mesmo do lançamento na 24ª Bienal Internacional do Livro de São Paulo.

Repetindo o que fez com O Garoto do Cachecol Vermelho, que tem parte da venda para a ABRELA, o novo livro terá a venda revertida para a ARELA-RS – Associação Regional de Esclerose Lateral Amiotrófica e para o Instituto Paulo Gontijo.

Para mais informações, acesse o link.
Read More

segunda-feira, 17 de julho de 2017

“Os erros fatais do socialismo” chega às livrarias em julho pela Faro Editorial


Distribuição igualitária de bens e renda, extinção da divisão de classes, economia planificada, garantia de acesso a todos os direitos básicos controlados por um governo feito pelo e para o povo. Essas são as ideias centrais do Socialismo e que em sua teoria buscam uma forma de vida justa para todas as pessoas. Mas quando socialismo, política e interesses financeiros se encontram, a prática não é bem assim.

A Faro Editorial lança em julho o livro “Os erros fatais do socialismo” de Friedrich A. Hayek, um dos maiores pensadores políticos do mundo de sua geração e Prêmio Nobel de Economia.

Neste livro, Hayek apresenta um exame fundamental e crítico das ideias centrais do socialismo. Ele argumenta que o socialismo, desde as suas origens, foi confundido com algo embasado em fundamentos científicos e factuais, e mesmo lógicos, mas que seus repetidos fracassos, nas muitas e diferentes aplicações práticas que o mundo testemunhou, foram o resultado direto desse equívoco conceitual.

Sempre contundente e controverso – uma marca de suas obras - este manifesto traz um relato acessível às principais vertentes do pensamento de Hayek e explica a rede de erros em que todas as sedutoras e idealistas propostas socialistas se encerram.
Read More

Entra em pré-venda o romance de época 'Não me Esqueças'


Autoridade em romances de época no Brasil, a escritora paulistana Babi A. Sette lança o livro Não me esqueças, pela Verus, do Grupo Editorial Record. Desta vez, a autora explora as terras encantadas da Escócia, que será cenário do amor de Lizzie, estudiosa da cultura celta, e Gareth, o enigmático líder de um clã. 

Entre os antigos e lendários castelos, estradas e salões de bailes, os personagens vivem uma paixão proibida e desafiadora, sem saber que finalmente poderão encontrar aquilo que só ousavam buscar em sonhos. Para escrever este novo romance, a autora viajou até os territórios escoceses e estudou os misteriosos costumes deste povo. 

A pré-venda já está disponível nas melhores livrarias do país e já agitou as redes sociais, tamanha era a expectativa pela chegada da obra. O lançamento oficial com sessões de autógrafos será na Bienal do Livro do Rio de Janeiro, com dia e hora a ser confirmado pelo grupo Record.

Link de pré-venda: http://bit.ly/2u5M6U7
Read More

segunda-feira, 3 de julho de 2017

Your Name.#01 será lançado em mangá pela Editora JBC

O mais novo título anunciado pela Editora JBC é o mangá Your Name. (Kimi no na wa, no original), de Makoto Shinkai. Completo em três volumes, o mangá é super recente, com seu último volume tendo sido publicado no Japão em abril deste ano.

Sucesso de bilheterias nos cinemas, Your Name. conta a história de dois personagens, Taki e Mitsuha, que misteriosamente acordam no lugar um do outro. Essa troca é temporária, mas acaba se tornando frequente. Dali, surge um relacionamento inusitado entre os personagens, que começam a se conhecer por meio de situações e sentimentos novos.

A animação superou as expectativas de lançamento, tornando-se o filme de maior sucesso nos cinemas em 2016 e a quarta maior bilheteria na história do Japão. Além do filme, o autor também lançou a história em versão de novel e a adaptou para o mangá com as ilustrações de Ranmaru Kotone.

A história
Mitsuha é uma menina que vive no interior com a família. Ela se sente entediada com tudo e começa a desejar que numa próxima existência seja um menino da cidade grande. 

Taki é um garoto de Tóquio que divide os dias entre escola e um trabalho de meio período. Ele se sente sozinho mesmo em meio à multidão, mas se mantém calado sobre o assunto.

Um dia, Taki e Mitsuha acordam com a sensação de estarem no corpo de outra pessoa. Ambos acham que estão vivendo um sonho apenas, até que no dia seguinte começam a ser questionados por atitudes estranhas quando retornam para seus respectivos corpos.

As trocas se tornam recorrentes e eles começam a registrar as alterações que fazem na vida um do outro. Uma misteriosa amizade surge entre eles e abre caminho para sentimentos novos e até então desconhecidos.
Read More

sábado, 24 de junho de 2017

'Cem anos de solidão' ganha edição especial de 50 anos


A Editora Galera lançou uma edição comemorativa em capa dura dos 50 anos de publicação da obra-prima de Gabriel García Márquez.

Neste que é um dos maiores clássicos da literatura, o prestigiado autor narra a incrível e triste história dos Buendía – a estirpe de solitários para a qual não será dada “uma segunda oportunidade sobre a terra” e apresenta o maravilhoso universo da fictícia Macondo, onde se passa o romance. 

É lá que acompanhamos diversas gerações dessa família, assim como a ascensão e a queda do vilarejo. Para além dos artifícios técnicos e das influências literárias que transbordam do livro, ainda vemos em suas páginas o que por muitos é considerado uma autêntica enciclopédia do imaginário, num estilo que consagrou o colombiano como um dos maiores autores do século XX.
Read More

sexta-feira, 23 de junho de 2017

Baixe gratuitamente o livro Mortos Sem Sepultura


Em março de 2014 a PalavraCom Editora lançou a obra Mortos sem Sepultura, produzida pelo militar (à época major e atual tenente-coronel da Polícia Militar de Santa Catarina) Marcus Claudino, na qual revelava o drama dos desaparecidos. Ao longo do processo de edição, percebi o quanto a frieza dos números ocultava a dor da ausência inexplicável, sentida por mães (em especial), pais, familiares e amigos.

Claudino elaborou um trabalho de brilhante rigor estatístico e incluiu orientações de larga utilidade aos que vivem ou podem viver esse flagelo. O mais importante: o número de desaparecidos ultrapassa a percepção que a sociedade tem do problema. Todos os anos aproximadamente 200 mil pessoas desaparecem no Brasil, das quais 40 mil são crianças e adolescentes. O dado é assustador: equivale à população de uma cidade brasileira de porte médio.

Desde então passei a enxergar esta situação sob outra abordagem. E sempre que pude, colaborei com a causa de quem procura um ente querido. A ideia de deixar acessível – em PDF – o conteúdo integral da obra Mortos sem Sepultura é outro passo nesta direção. Esperamos que seja proveitosa. As citações são livres, desde que respeitem a fonte.

Read More

Conteúdo Relacionado

© 2011 Uma Leitora, AllRightsReserved.

Designed by ScreenWritersArena