terça-feira, 25 de abril de 2017

10 poemas famosos para ler com as crianças


Se os adultos já se encantam com poesia, para as crianças, as obras podem abrir as portas para um novo mundo. Versos rimados, metáforas e métricas são muito atrativos para as crianças, que têm a capacidade de compreender - e muito bem! - a linguagem e, o que é melhor, criar gosto pelo estilo.

A Leiturinha, maior clube de assinatura de livros infantis do Brasil, possui uma curadoria que seleciona obras especiais para as crianças, e selecionou 10 poemas famosos para ler com os pequenos. A dica dos especialistas é sempre criar um momento lúdico na hora da leitura, caprichar na entonação e incentivar a criatividade, deixando que eles se familiarizem com a obra e leiam à sua maneira.

1. O Menino Azul – Cecília Meireles

2. Pontinho de Vista – Pedro Bandeira

3. A porta – Vinicius de Moraes

4. Poeminha do Contra – Mario Quintana

5. O Direito das Crianças – Ruth Rocha

6. A Lua foi ao Cinema – Paulo Leminski

7. Guarda-chuvas – Rosana Rios

8. A Centopeia – Marina Colasanti

9. Canção para ninar dromedário

10. Convite – José Paulo Paes

Para ler os poemas na íntegra, basta acessar o Blog Leiturinha.

Dica de Leitura: Antologia Ilustrada da Poesia Brasileira
“Por que motivo as crianças, de modo geral, são poetas e, com o tempo, deixam de sê-lo?”

Para ler mais, a Leiturinha indica Antologia Ilustrada da Poesia Brasileira, organizada e ilustrada por Adriana Calcanhotto. Nesta obra, a cantora e compositora brasileira reuniu poesias dos maiores poetas brasileiros em um livro dedicado às crianças de todas as idades.

Livro: Antologia Ilustrada da Poesia Brasileira
Autora e ilustradora: Adriana Calcanhotto
Editora: Edições de Janeiro
Melhor idade: Todas
Onde encontrar: na Leiturinha Digital
Read More

Editora JBC lança o inédito Ghost in the Shell Perfect Book


Aproveitando a chegada de A Vigilante do Amanhã aos cinemas e o lançamento mundial da versão remasterizada do mangá original de Shirow Masamune que deu origem ao filme, a JBC lança em abril, simultaneamente com o Japão, Ghost in the Shell Perfect Book , o guia definitivo sobre o universo da Major Motoko Kusanagi.

Em uma luxuosa edição para colecionador nenhum botar defeito, Ghost in the Shell Perfect Book reúne os mínimos detalhes sobre absolutamente todas as animações de GITS já produzidas (incluindo o clássico O Fantasma do Futuro , Innocence , Stand Alone Complex , Solid State Society , Arise e The New Movie ) e também sobre o novo filme, A
Vigilante do Amanhã - Ghost in the Shell .

Uma mistura de artbook e enciclopédia, em suas 160 páginas totalmente coloridas são revelados detalhes desde como os robôs de cada produção foram desenvolvidos, assim como foram criadas as paisagens, veículos e até as feições de seus personagens. Os bastidores das gravações do longa estrelado por Scarlett Johansson também são mostrados. Ghost in the Shell Perfect Book ainda traz uma exclusiva entrevista com Mamoru Oshii, Kenji Kamiyama e Kazuchika Kise, os diretores de todos os animês já feitos para a franquia Ghost in the Shell . Eles se reúnem para contar e discutir suas experiências nas produções que comandaram.

A versão remasterizada do mangá de Shirow Masamune , um dos quadrinhos de maior sucesso no mundo, foi lançada no Brasil pela primeira vez em dezembro de 2016 pela JBC durante a CCXP (Comic Con Experience). Ao lado da obra publicada originalmente no Japão em 1991, Ghost in the Shell Perfect Book é fundamental para fãs e todos que queiram mergulhar nas ramificações do complexo universo de GITS, e assim captar as inúmeras referências vistas em A Vigilante do Amanhã , dirigido por Rupert Sanders.

A edição brasileira de Ghost In The Shell Perfect Book será igual à versão japonesa, com 160 páginas coloridas, papel couchê, formato 21,0 X 29,7 cm (o mesmo do Artbook de Os Cavaleiros do Zodíaco - The Lost Canvas) e sobrecapa. Seu preço será R$ 79,00. O lançamento nacional será na metade de abril, mas Ghost In The Shell Perfect Book já estará disponível na CCXP Tour, que acontece em Recife nos dias 13 e 16 de abril, no estande da JBC.
Read More

segunda-feira, 24 de abril de 2017

Social Comics revela novidades na CCXP Tour


O Social Comics, maior plataforma de streaming de quadrinhos da América Latina, esteve presente na CCXP Tour Nordeste, que aconteceu entre os dias 13 e 16 de abril, em Recife. E levou diversas novidades para os fãs.

Em painel exclusivo realizado no dia 16 de abril, no Auditório Ultra, João Paulo Sette, CEO do Social Comics, apresentou novidades que já estão disponíveis aos assinantes, e outras que serão disponibilizadas em breve.

A apresentação contou ainda com as presenças dos irmãos quadrinistas Fábio Moon e Gabriel Bá, falando sobre a carreira e as comemorações dos 20 anos de criação do fanzine 10 Pãezinhos, trabalho com alavancou a carreira dos dois autores.

Veja o que foi revelado durante o painel:

FÁBIO MOON & GABRIEL BÁ - 20 ANOS DE 10 PÃEZINHOS

Comemorando os 20 anos da criação do fanzine 10 Pãezinhos, os irmãos Fábio Moon e Gabriel Bá disponibilizarão cinco volumes coletando as histórias produzidas no início de suas premiadas carreiras.

O primeiro deles, O Girassol e a Lua, já pode ser lido pelos assinantes.

Na trama, ao encontrar um diário e enveredar por sua história, uma garota vai descobrir como é difícil a trajetória em busca do amor, pois esse caminho traz muitos mistérios, fantasia, perdas, reencontros e até um misterioso assassino.

Os outros volumes serão lançados ao longo de 2017. São eles: Meu Coração, não sei por que..., Crítica, Mesa para dois e Fanzine.

Obras como Daytripper e Dois Irmãos levaram Fábio Moon e Gabriel Bá ao reconhecimento internacional, coroando uma carreira que conta com cinco prêmios Eisner Awards, quatro Harvey Awards, um Jabuti e mais de dez Troféus HQ Mix.

ESTREIA DE CONTEÚDO ORIGINAL

Durante a CCXP Tour, estreou o primeiro conteúdo original do Social Comics: Aether Ring! Os roteiros são de Thiago Duarte e Priscilla Konat Zorzi, com artes de Tiago Barbosa de Morais. O projeto foi desenvolvido em parceria com o estúdio de animação Hype.cg, e pensado na leitura digital em dispositivos móveis e desktops

Em Aether Ring, humanos convivem com covenants, criaturas de aparência e poderes fantásticos vinculadas ao nosso mundo por misteriosos anéis. As duas espécies conectam-se através de contratos de interesse mútuo, cujas cláusulas podem esconder terríveis condições.

É o que descobre Tera, um jovem de 14 anos que tem sua vida completamente alterada após vivenciar um evento aterrorizante. Determinado a obter vingança, o caminho de Tera cruzará com o do sombrio pistoleiro Harmonica, um covenant de grande poder. Harmonica possui suas próprias contas para acertar, juntando-se ao garoto quando este adquire uma das quase extintas armas do Deus Solas, objetos capazes de matar covenants.

A primeira edição já está disponível.

ESTRANHOS NO PARAÍSO & TERRY MOORE

Em parceria com o aclamado autor norte-americano Terry Moore, o Social Comics trará Estranhos no Paraíso e outras obras para os leitores brasileiros, como Rachel Rising, Echo e Motor Girl.

O projeto segue os mesmos moldes daquele firmado com a editora Valiant Entertainment, no ano passado, e o Social Comics cuidará da produção do material para o formato digital em português.

O objetivo é disponibilizar Estranhos no Paraíso na íntegra pela primeira vez no Brasil, sendo que as datas de lançamentos serão reveladas em breve.

Estranhos no Paraíso é bastante conhecida por aqui. Chegou pela primeira vez em 1998, numa minissérie de três partes da Editora Abril e, depois, saiu pela Via Lettera (1999-2000), Pandora Books (2002-2003) e HQM Editora (2006-2013).

A série gira em torno dos amigos Francine, Katchoo e David, e a complicada relação entre eles. Francine considera Katchoo sua melhor amiga, mas Katchoo ama Francine. Já David, ama Katchoo. Esse triângulo amoroso serve de mote para mistérios e intrigas que vão desde o passado secreto de Katchoo até surpreendente desenrolar na vida do trio.

A obra é vencedora do prêmio Eisner Awards como melhor série. Também venceu o National Cartoonists Society Reuben Award e o GLAAD Award como melhor revista em quadrinhos.

ESTREIA DO SELO GAMBETA

O Social Comics estreará o selo Gambeta, em parceria com o quadrinista argentino Jok, que coordenará o projeto. Ele será dedicado a quadrinhos de autores sul-americanos, que passarão a ficar disponíveis aos assinantes.

Dentre as obras programadas, estão Merlin: The Young Druid (por Rodolfo Santullo e Jok), Reflex (por Rodolfo Santullo e Jok), Control de Plagas (por Max Aguirre e Jok), Abelard and the Giant Eagles (por Jok e Carlos Aón) e El Dormilón (por Rodolfo Santullo e Carlos Aón).

As datas de publicação serão anunciadas em breve.

Enquanto os leitores aguardam esses títulos, já podem aproveitar Quarenta Caixões, com roteiro de Rodolfo Santullo e arte de Jok, um dos lançamentos especiais feitos durante a CCXP Tour. A obra está disponível na plataforma via Jambô Editora.

COMBO RANGERS

A criação máxima de Fábio Yabu ganhará mais histórias na plataforma, via Editora JBC. Em breve, os assinantes poderão ler dez novas HQs da equipe de heróis, lançadas originalmente pela Panini Comics, em 2003.

Além disso, a edição Combo Rangers: Somos Humanos, publicada pela JBC em 2015, também está programada, assim como a ainda inédita terceira graphic novel dos personagens, cujo lançamento está programado para o final deste ano.

Atualmente, o Social Comics já conta com 13 revistas dos Combo Rangers, e também com a graphic novel Combo Rangers: Somos Heróis.
Read More

Livro mostra como nasce a poesia


A poesia nasce de qualquer coisa. Pode ser da observação, da doença, da alegria, da calmaria, do inusitado, do estudo e do impensável, é o que afirma o escritor Severino Antônio em seu novo livro “Nascentes”.

Publicado pela editora Penalux, a obra pretende mostrar a origem desse gênero literário, ou seja, onde realmente nascem os poemas. Para o autor, o livro tem o intuito de apresentar o brotar da poesia e as nascentes do fazer poético.

Segundo o escritor Tarcísio Bregalda, autor do prefácio, os poemas de Severino parecem de nascimento fácil, como se fossem água brotando daquela mina d’água da infância. Ao mesmo tempo são textos pensados, escritos e reescritos, o que permite a sensação de que eles podem emergir e varar os séculos. 

Para os editores Tonho França e Wilson Gorj, o autor de “Nascentes” é um dos maiores nomes atuais quando se trata de pedagogia infantil no Brasil, além de ser um dos melhores poetas brasileiros vivos. “Sua obra é bastante valorizada pelos cultos de educação e poesia”.
Read More

sexta-feira, 21 de abril de 2017

“O Príncipe Que Queria Ser Carro” é o segundo livro do projeto “Histórias Contadas”


Com o título “O Príncipe que queria ser carro”, o lançamento do livro da primeira fase do projeto “Histórias Contadas” 2017 já tem data marcada: dia 28 de abril, sexta-feira, às 10h, com um evento interno no auditório de reabilitação do Centro Infantil Boldrini. 

Os exemplares produzidos não serão comercializados, mas doados aos autores e utilizados no hospital para trabalhos no setor de pedagogia, assim como na primeira edição.

Sucesso em 2015, “Histórias Contadas” foi idealizado pela Escola de Artes Pandora e pela Fábula Projetos Especiais e desenvolvido pela Escola de Artes Pandora, em parceria com o Centro Infantil Boldrini. O objetivo da iniciativa é ajudar as crianças na unidade ambulatorial do hospital a construir uma história coletiva com ilustrações feitas por elas mesmas. Para formatar esse livro, os pequenos participaram durante dois meses de oficinas de contação, ilustração e construção de histórias.

De acordo com a coordenadora pedagógica do Centro Infantil Boldrini, Luciana Mello, o projeto é a prova de que o tratamento não é uma barreira para criatividade dos pequenos. “Estudar, brincar e interagir é algo medular ao universo infantil e isso faz parte da rotina das crianças do Boldrini. Além do incentivo pedagógico, a produção do livro eterniza histórias e desenhos. Isso é ter superpoderes, sentimento vital para fixar o desejo e a esperança na vida”, enfatiza.

A primeira edição do projeto – aprovado pela Lei Rouanet desde 2014 - resultou no livro “Histórias que Voam”, lançado em 2015. A obra foi escrita e ilustrada pelas crianças que estavam no Boldrini, com avaliação e edição da Fábula e das autoras Sandra Aymone e Louise Pavan.

O projeto continua em junho, com novas oficinas de contação de histórias e ilustração. Empresas interessadas em participar das próximas edições do projeto podem entrar em contato com Ricardo Quintana, pelo e-mail ricardo@escolapandora.com.br ou telefone (19) 9 8135-9133.
Read More

quinta-feira, 20 de abril de 2017

10 Pãezinhos pavimentou o caminho dos irmãos Fábio Moon e Gabriel Bá


Cinco prêmios Eisner Awards, quatro Harvey Awards, um Jabuti e mais de dez Troféus HQ Mix.

Obras como Daytripper e Dois Irmãos levaram os irmãos gêmeos Fábio Moon e Gabriel Bá ao reconhecimento internacional, tornando-os uma força criativa a ser observada. Mas uma bem-sucedida carreira nos quadrinhos não chega da noite para o dia.

O início foi o mesmo de muitos outros quadrinistas, criando histórias curtas, testando estilos, experimentando a narrativa e lançando esses trabalhos de forma independente, como simples fanzines fotocopiados e grampeados.

Foi assim que, em 1997, surgiu 10 Pãezinhos.

A qualidade do trabalho logo atraiu a atenção de editoras. Apenas três anos depois, em 2000, saiu 10 Pãezinhos: O Girassol e a Lua, pela Via Lettera, compilando a primeira grande história produzida por eles.

A este livro, mais quatro da série 10 Pãezinhos se seguiram: Meu Coração, não sei por que... (2001, Via Lettera), Crítica (2004, Devir), Mesa para dois (2006, Devir) e Fanzine (2007, Devir). Todos se encontram esgotados e fora de catálogo.

Mas, agora, chegou a hora de retornarem, e os leitores poderão redescobrir os trabalhos que pavimentaram a trajetória da dupla até o sucesso dos dias de hoje. Comemorando os 20 anos de 10 Pãezinhos, todos os cinco volumes serão disponibilizados no serviço de streaming de quadrinhos Social Comics (www.socialcomics.com.br).

O primeiro deles é justamente O Girassol e a Lua, sendo este o grande lançamento da plataforma durante a CCXP Tour Nordeste.

"As nossas primeiras histórias carregam aquela paixão pelos quadrinhos de quem está começando. O Girassol e a Lua foi nossa declaração de amor aos quadrinhos e autores que nos influenciaram", revela Gabriel Bá.

"Sempre acreditamos na capacidade das histórias de viver para sempre, e essa parceria com o Social Comics nos possibilita mantê-las disponíveis para que toda uma nova geração de leitores, presentes e futuros, por todo o Brasil e até ao redor do mundo, possam descobrir as nossas histórias", comemora Fábio Moon.

Os outros quatro volumes serão lançados ao longo do ano, em datas a serem anunciadas.

“Resgatar essas histórias do início da carreira de Fábio Moon e Gabriel Bá é uma grande honra para o Social Comics. Os fãs mais antigos poderão reler o material, e teremos a oportunidade de apresentá-lo pela primeira vez para muitas pessoas. Todos poderão conferir como começou a trajetória dos dois irmãos”, afirmou Marcelo Bouhid, diretor de marketing do Social Comics.


Sobre O Girassol e a Lua

Fábio Moon e Gabriel Bá são irmãos gêmeos e nasceram em 1976, em São Paulo. Publicaram suas primeiras histórias em fanzine. O primeiro foi no ensino médio, se chamava Vez em Quando e teve duas edições. Já na faculdade de artes plásticas, os dois se juntaram a três colegas e fizeram outro, chamado Ícones, que teve três edições. Foi só em 1997 que eles criaram o aquele que mudaria de vez a sua carreira, o 10 Pãezinhos.

Durante quatro meses publicando semanalmente, os dois lançaram quinze edições, cheias de histórias curtas de uma ou duas páginas, e então decidiram partir para algo maior e mais ousado. O Girassol e a Lua foi sua primeira história longa.

Na trama, ao encontrar um diário e enveredar por sua história, uma garota vai descobrir como é difícil a trajetória em busca do amor, pois esse caminho traz muitos mistérios, fantasia, perdas, reencontros e até um misterioso assassino.

Contada originalmente no fanzine como uma minissérie em sete edições quinzenais, com 200 cópias cada, todas fotocopiadas, dobradas e grampeadas individualmente pelos autores. O último capítulo foi uma edição especial, impressa em gráfica em quatro cores. Os autores venderam o conjunto completo da minissérie pelos dois anos seguintes, até receberem uma proposta da editora Via Lettera para publicar a história.
Read More

quarta-feira, 19 de abril de 2017

Conheça o livro 'A história do futuro de Glory O’Brien'


O fim do ensino médio é uma época de possibilidades infinitas – mas não para Glory O’Brien, uma jovem norte-americana que não tem nenhum plano para o futuro. Sua mãe cometeu suicídio quando Glory tinha apenas 4 anos, e ela nunca parou de se perguntar se seguiria o mesmo caminho… Até que numa noite transformadora ela começa a experimentar um novo e surpreendente poder que lhe permite enxergar o passado e o futuro das pessoas.


De antepassados a muitas gerações futuras, a jovem é bombardeada com visões – e o que ela vê pela frente é aterrorizante: um novo líder tirânico toma o poder e levanta um exército. Os direitos das mulheres desaparecem. Uma violenta segunda guerra civil explode. Jovens garotas somem diariamente, vendidas ou confinadas em campos de concentração.

“Então nós duas bebemos. Ellie bebeu primeiro e agiu como se o gosto fosse bom. Eu bebi logo depois. E nem era tão ruim.Quando acordamos na manhã seguinte, o mundo estava diferente. Nós podíamos ver o futuro. Podíamos ver o passado. Podíamos ver tudo.”

Sem saber o que fazer, Glory decide registrar todas as suas visões, na esperança de que a sua História do Futuro sirva de alerta e evite o que vem por aí.

Mas será que as pessoas vão acreditar nela? Será que estarão dispostas a fazer o que é necessário para impedir a concretização daquele destino medonho?

Nesta obra-prima sobre feminismo, liberdade e escolhas, A. S. King mais uma vez nos brinda com seu realismo fantástico para contar a história de uma garota que tenta lidar com uma perda devastadora.
Read More

“Emoções na Cozinha” conta a história de famílias italianas através das receitas das nonnas

A Disal Editora traz uma leitura deliciosa e surpreendente com “Emoções na Cozinha”, da Chef Angela Mela. Em seu segundo livro, a autora assumiu o desafio de contar a história de famílias inteiras, de diversas regiões da Itália, através das receitas de suas nonnas (avós), num trabalho que usa pratos tradicionais e deliciosos para ilustrar as mais lindas memórias afetivas.

Com sensibilidade, Angela apresenta a nonna de cada família e deixa que os netos narrem suas principais lembranças em volta da mesa, em festas, jantares, reuniões ou lanches despretensiosos. No fim de cada relato, um quadro remonta a hierarquia familiar, como em uma árvore genealógica, acompanhado do passo a passo ilustrado das receitas citadas na história.

E é assim que uma das personagens, Ornella Accasto, lembra da nonna Dina Toni. Do cheiro do bollito com bagnetto verde – ou carne assada no caldo, invadindo os cômodos da casa onde moravam, geralmente nos domingos frios. Do vapor que embaçava os vidros, transformando as janelas da cozinha em quadros de desenho para ela e o irmão.

Até hoje ela se emociona ao contar que precisou se mudar para o Brasil por conta do trabalho do pai, mas que nunca se esqueceu do sabor da felicidade de ter tido uma avó que lhe ensinou segredos culinários passados de geração em geração.

São 190 páginas e 50 histórias e receitas que criam um panorama geral das regiões retratadas, além de uma lista de produtos típicos de cada local. Entre as principais deste glossário estão: torta de alcachofra, panquecas fritas de maçã, molho picante com carne, coelho ao molho de vinho e manjerona e rosquinhas de mel. Uma verdadeira viagem pela gastronomia italiana, que proporciona um entendimento de todo o processo de formação das famílias tradicionais da Itália.
Read More

Conteúdo Relacionado

© 2011 Uma Leitora, AllRightsReserved.

Designed by ScreenWritersArena