terça-feira, 23 de setembro de 2014

Série: Once Upon a Time

Oi gente, tudo bem com vocês? Há algum tempo fiz uma pesquisa para o blog perguntando se vocês gostariam de posts sobre séries e todo mundo disse que sim, então esqueçam a demora e vamos lá.

Sabe aquela série que você vê algumas imagens e sabe que vai gostar? Minha história com Once Upon a Time foi assim, eu estava em uma fase de releituras de contos de fadas e li a sinopse e fui atrás. Mas a primeira temporada mofou uns bons meses antes de eu dar a primeira chance, e quando comecei a assistir não parei até terminar a terceira temporada!
Emma Swan (Jennifer Morrison)
 A série conta a história de Emma Swan, interpretada pela atriz Jennifer Morrison que trabalha como uma espécie de caçadora de recompensas. Ela foi abandonada pelos pais biológicos quando era criança e cresceu em abrigos e lares temporários e nunca largou a perspectiva de criança problema. Ela vive uma grande paixão, mas é decepcionada, e quando descobre que estava grávida doa o bebê pra adoção. Ela esperava nunca mais ter notícias de seu filho, até que um belo dia ele bate à sua porta.

Henry Mills (Jared S. Gilmore)
 Henry, interpretado pelo ótimo Jared S. Gilmore, conta uma história mirabolante a Emma, de que na cidade de onde ele vem, Storybrooke no Maine, todas as pessoas são, na verdade, personagens de contos de fadas que esqueceram quem são por conta de uma maldição da Rainha Má, e só Emma pode quebrar o feitiço. Ele sabe isto por que encontrou um livro que conta todas as histórias, e reconheceu as pessoas da cidade.

Rainha Má/ Regina Mills (Lana Parilla)
Acontece que ela vai levar Henry de volta para a cidade e percebe que tem algo de estranho na cidade e decide ficar. Regina Mills, prefeita da cidade é a mulher que adotou Henry e não gosta nada desta intrometida em sua cidade. Emma conhece outras pessoas na cidadezinha e vê que eles tem mesmo fatos estranhos sobre suas vidas, mas ela nem faz ideia de tudo que há para ser descoberto.

Príncipe Encantado/ David Nolan (Josh Dallas) e Branca de Neve (Mary Margaret Blanchard (Ginnifer Goodwin)
Neste meio tempo Emma descobre ser filha de Branca de Neve e Príncipe Encantado, e que ficou separada deles por que eles a salvaram da maldição, para que ela fosse a única a poder quebrá-la. A maldição transportou todos os personagens da terra dos contos de fadas e os prendeu nesta cidadezinha nos Estados Unidos. Parece zoeira dito assim, mas todas as tramas são bem amarradinhas até que tudo faça sentido.

MDS QUE LINDO
 A série criada por Adam Horowitz e Edward Kitsis estreou em 2011 e já teve três temporadas, e ganhou até um spin-off, Once Upon a Time in Neverland, que acabou após 13 episódios. O bacana da série são as referências a contos de fadas, dos livros e da Disney, e você esperar que muita gente aparece. A Bela e a Fera, Chapéuzinho Vermelho, Pinóquio, Alice e o Chapeleiro Maluco, Mulan, O Mágico de Oz, A Pequena Sereia, Peter Pan e o Capitão Gancho, que olha, não vou nem dizer mais nada mas olhem esse Colin O'Donoghue:
Killian Jones/ Capitão Gancho (Colin O'Donoghue)
Na quarta temporada também entram na roda as irmãs Elsa e Anna de Frozen :). Mal podemos esperar! A história também ganhou um livro escrito por Odette Beane e publicado aqui no Brasil pela Editora Planeta. Falei dele no post de 5 releituras de contos de fadas


OUAT como é chamada pelos fãs, os oncers, é para quem curte uma história boa, cheia de tramas e reviravoltas. Na primeira temporada você fica tentando descobrir qual personagem cada pessoa é, e como ela se liga com os outros na trama. É impossível não ficar shippando os casais, e eles são lindos demais, e as histórias de amor tem o melhor dos contos com o melhor da vida real também, por que nem tudo são flores. A magia é outro ponto importante e bem explorado na série.

Todos SHORA nos vestidos de época
Alguns dos elementos que mais prendem são o fato de que cada episódio conta em flashback alguma parte da vida de algum personagem, então aos poucos você vai conhecendo cada um, de onde veio, pelo que passou, e entende e se relaciona melhor com eles por isto. As atuações são muito boas, os atores são uns queridos (é só ver qualquer entrevista da série) e os figurinos e maquiagens são um show à parte.

Duvida? Vem ver:


Espero que vocês gostem deste hiper post, depois me contem o que acharam! :) Para quem já curte a série, que tal seguir os atores da série no Twitter e no Instagram?

Josh Dallas: Twitter - Instagram
Ginnifer Goodwin: Twitter - Instagram
Lana Parilla: Twitter - Instagram
Jennifer Morrison: Twitter - Instagram
Colin O'Donoghue: Twitter - Instagram 
Jared Gilmore:  Twitter - Instagram
Emilie de Ravin: Twitter - Instagram
Robert Carlyle: Twitter 

Rumplestiltskin/ Mr. Gold (Robert Carlyle)
Para mais informações da série sigam:
Página Oficial no Facebook
Twitter Oficial

Once Upon a Time Br Blog
Página no Facebook
Twitter

E para quem já viu as três primeiras temporadas e entende bem inglês, venha rir litros com as Piadas que só os Oncers vão entender, no Buzzfeed.
Read More

segunda-feira, 22 de setembro de 2014

Deputado quer a descriminalização das cópias de livros

O projeto de lei é de autoria do deputado federal Nazareno Fonteles, que altera o Código de Direitos Autorais e abre brecha para a cópia desenfreada de filmes, música e livros pela internet. Na proposta o parlamentar deixa claro que o objetivo destas cópias precisa ter fins educacionais e particulares e que não visem o lucro, porém, ainda que criminalizado, o controle estatal sobre este processo já se mostra difícil.
Censura, liberdade de expressão e o futuro da cultura digital voltaram ao debate neste primeiro semestre. Foi assim, com os protestos contra o SOPA (Stop Online Piracy Act) e o PIPA (Protect IP Act) nos EUA. E mais recentemente por aqui, com a apreciação do projeto de revisão da Lei dos Direitos Autorais (9.610/98), pelo Congresso Brasileiro.

Em breve, mais um projeto sobre o tema será apresentado na Casa. De autoria do Deputado, defende a flexibilização da lei como direito de acesso à propriedade intelectual. “A LDA não pode engessar uma nação, impedindo o benefício da coletividade em função da vontade individual. É preciso reconhecer os direitos autorais sim, mas também vincular sua proteção à função social”, observa.

Outro ponto levantado por Fonteles refere-se a judicialização das comunicações no meio digital. Para ele, “democratizar o conhecimento, diminuindo a judicialização nas relações de compartilhamento [de conteúdo, por exemplo], viabiliza a participação popular”.
Read More

domingo, 21 de setembro de 2014

Booktrailer de Domingo #29

O booktrailer de domingo é um espaço para mostrar o que as editoras estão produzindo de legal em material audiovisual para divulgar os seus lançamentos.  O livro Primeiro Amor do James Patterson teve uma campanha de lançamento todo especial, e o booktrailer tem histórias reais de amor, vem ver:
Read More

sábado, 20 de setembro de 2014

Release Ligeiramente Casados

Livro:  Ligeiramente Casados - Saga Bedwyn Livro #1
Autora: Mary Balogh
Editora: Arqueiro 

Como todos os Bedwyn, Aidan tem a reputação de ser arrogante. Mas este nobre orgulhoso tem também um coração leal e apaixonado - e é a sua lealdade que o leva a Ringwood Manor, onde pretende honrar o último pedido de um colega de armas. Aidan prometeu confortar e proteger a irmã do soldado falecido, mas nunca pensou deparar com uma mulher como Eve Morris. Ela é teimosa e ferozmente independente e não quer a sua proteção. O que, inesperadamente, desperta nele sentimentos há muito reprimidos. A sua oportunidade de os pôr em prática surge quando um parente cruel ameaça expulsar Eve de sua própria casa. Aidan faz-lhe então uma proposta irrecusável: o casamento, que é a única hipótese de salvar o lar da família. A jovem concorda com o plano. E agora, enquanto toda a alta sociedade londrina observa a nova Lady Aidan Bedwyn, o inesperado acontece: com um toque mais ousado, um abraço mais escaldante, uma troca de olhares mais intensa, o "casamento de conveniência" de Aidan e Eve está prestes a transformar-se em algo ligeiramente diferente.
Read More

sexta-feira, 19 de setembro de 2014

Música de Sexta - Grouplove

Música de Sexta é uma sessão semanal para mostrar algumas dicas musicais. Hoje a gente ouve a ótima banda Grouplove, os americanos fazem um indie feliz e de qualidade. Eles emplacaram de vez agora com algumas canções da trilha sonora do filme A Culpa é das Estrelas. Vem curtir Tongue Tied, mas também não esqueça de Ways to Go, Colours e Let me In.

Read More

quinta-feira, 18 de setembro de 2014

Aprendi com Jane Austen

de William Deresiewicz (Editora Rocco)

O autor era um estudante de literatura que torcia o nariz para Jane Austen. Ele achava que não passava de narrativas rurais escritas para mulheres, e quando confrontado com um trabalho foi obrigado a ler Emma. E tudo em sua vida mudou a partir de então, como Emma, William vinha sendo muito certo de si e muito mesquinho e não estava enxergando as inúmeras possibilidades na sua frente.

Na narrativa autobiográfica, Deresiewicz conta como começou e se estabeleceu sua relação com a obra de Jane Austen, autora britânica que escreveu 6 romances em sua carreira, entre eles o mais famoso sendo Orgulho e Preconceito (para ler mais sobre ela, clique aqui). 

A cada momento que ia descobrindo um dos romances de Jane Austen, de alguma maneira esta história podia ser relacionado com o estado atual de sua vida, e William começou a gostar muito. Das histórias fictícias e amadas de Austen ele tirou muitas lições de vida, e passou a ser uma pessoa melhor com o que aprendeu.

A experiência deste autor nos mostra que não podemos nunca subestimar uma obra ou artista pelo que dizem, no mínimo a peça merece ganhar a atenção de ser observada para que uma opinião pessoal seja estabelecida. Dizer que um determinado livro é ruim é muito subjetivo pois cada pessoa vê a obra com sua própria ótica e um livro que eu odiei você pode amar e vice-versa.

William Deresiewicz encontrou uma maneira criativa e curiosa de contar a história de sua vida, ao mesmo tempo em que faz ótimas análises da obra de Jane Austen. Ele escreve sobre os temas acadêmicos, mas de uma forma que qualquer pessoa pode ler e entender, e não deixa nenhuma das obras da autora de fora, analisando diversos aspectos das narrativas. Eu recomendo a leitura para quem já leu Austen, para não ganhar nenhum spoiler, mas de restoé uma ótima leitura.
Read More

Convites das Editoras Rocco, Novo Conceito e Cia das Letras

Oi pessoas, nesse post eu mostro os convites para eventos, lançamentos, palestras e entrevistas, promovidos pelas editoras ou autores.




Read More

quarta-feira, 17 de setembro de 2014

Quote de Quarta #27

Inspiração semanal em forma de citações de grandes autores e grandes obras. De livros, e sobre livros! 
 


Read More

Conteúdo Relacionado

© 2011 Uma Leitora, AllRightsReserved.

Designed by ScreenWritersArena