quinta-feira, 14 de dezembro de 2017

Rico Editora lança coletânea 'Noites sensuais' com cinco autoras

A personificação da noite e do amor em diversas culturas é representada de formas diferentes, sempre com seu próprio encanto e mistério. Essas histórias envolventes mostram que quando a noite chega, é hora de se libertar.

A deusa grega Nix é considerada a expressão da noite profunda, ela tem um papel importante, sendo um dos primeiros deuses a surgir na Terra, e é uma das mais poderosas. Filha do Caos e irmã gêmea de Érebo, considerado a escuridão, os dois foram as primeiras criaturas a emergir do vazio dessa mitologia.

Nix também é a deusa dos segredos e mistérios noturnos, cultuada por bruxas e feiticeiras, acreditava-se que ela dá fertilidade à terra para brotar ervas encantadas. A deusa da noite tem total controle sobre vida e morte, tanto de homens como de Deuses, pois o mito diz que ela conhece o segredo da imortalidade divina.

Na mitologia nórdica, a noite é personificada por Nott, deusa filha do gigante Nörfi. Ela é retratada como uma mulher madura, com trajes e pele escura que percorre o céu durante a noite numa carruagem ou em um cavalo negro com o nome de "Crina de Gelo". Segundo o mito, sempre que o cavalo espuma pela boca ou sacode sua crina, orvalho e geadas são formados.

Na cultura romana, a lenda diz que depois da criação de Nýx o mundo nunca mais foi o mesmo. Também conhecida como Noite, ela gerou os deuses, Éter (Luz Etérea) e Hemeré (Dia). Todos os dias esses deuses se encontram no Tártaro, mas jamais se unem: há um revezamento entre a iluminação e o escurecimento da Terra.

Nýx também foi responsável por gerar forças do mal, como a morte e deuses que transformaram o mundo em um ambiente confuso e perigoso.

Sinopse
Quando a noite cai é hora de se libertar e se reinventar. Cinco histórias permeadas por muita sensualidade vão te proporcionar momentos de prazer e reflexão. Cinco autoras nacionais vão mexer com o seu imaginário e te levar a lugares desconhecidos. Bya Campista, Brooke J. Sullivan, Josy Stoque, Julianna Costa e Middian Meirelles mostram que quando a noite chega, tudo pode acontecer: um homem pode encontrar uma deusa, um pen drive pode ser o pontapé de uma grande aventura, um casamento pode te reservar muito mais que uma simples acompanhante, um delivery pode te trazer o amor e um elevador, ah esse pode te levar às alturas...
Read More

quarta-feira, 13 de dezembro de 2017

Chantagem: entre a paixão e a culpa

Com uma história chamativa, Chantagem de Nana Pauvolih é a aposta da Rico Editora para os apaixonados pela literatura erótica. Mergulhar nessa trama cheia de intrigas e romance é muito fácil.

Escrito em primeira pessoa, o leitor pode compreender perfeitamente os personagens, mergulhando em suas mentes e personalidades. É impossível abandonar antes de ler até a última página.

Na obra, Olívia sempre achou que seu corpo não tinha preço, mas a vida resolveu testar suas convicções. Passando por momentos difíceis em sua trajetória, como a criação da filha pequena, o cuidado com o marido gravemente doente e diversas dívidas para pagar, ela ainda tem que lidar com a ameaça de agiotas.

Se sentindo sufocada e sem conseguir resolver seus problemas, uma surpresa um tanto quanto prazerosa está para surgir em sua rotina, o reencontro com Enzo, o meio irmão de seu marido.

Enzo é um homem poderoso, que nunca perdoou Olívia e o irmão pelo que supostamente fizeram com o pai. Muito rico, Enzo pode ajudar Olívia financeiramente, no entanto ela deve ceder e aceitar uma proposta comprometedora: dinheiro em troca de sexo.

Em meio a chantagens e vingança, Olívia encontrará o ódio e o amor na figura de um homem do seu passado. Ela sentirá prazer ao mesmo tempo que a culpa da infidelidade a corrói. Será que todo mundo tem um preço?
Read More

terça-feira, 12 de dezembro de 2017

Estrela de The Big Bang Theory lança obra divertida e didática para as garotas


Oxigênio. Carbono. Hidrogênio. Nitrogênio. Cálcio. Fósforo. Não, não é uma aula de química. Esses são os elementos que constituem todo o organismo do ser humano! E mesmo que o corpo seja feito de seis coisas apenas, há tantas mudanças físicas, cerebrais, emocionais que nem parece que essa “massa” corpórea seja tão simples. No caso das meninas, o peso para certas coisas é ainda maior! No livro Girling Up – Como se Tornar Uma Mulher Saudável, Esperta e Espetacular, Mayim Bialik, a Amy da série The Big Bang Theory, ensina, de maneira divertida e estimulante, vários conceitos importantes do ponto de vista biológico que afetam a vida das garotas por inteiro.

Além de suas famosas atuações como Blossom (uma adolescente inteligente e sarcástica, cujo nome também é a denominação da série dos anos 90) e Amy Farrah Fowler (ainda atuante), Mayim é PhD em Neurociência pela Universidade da Califórnia em Los Angeles (UCLA). É com esta formação que ela traz ensinamentos sobre a puberdade de maneira bem simples de forma que as garotas não precisam ser especialistas para entenderem. Mayim aborda assuntos como as mudanças no corpo e as diferenças entre meninas e meninos, mas de forma que a leitora vá além dos estereótipos sociais, aprenda a se conhecer de fato e preserve sua saúde física e mental, livrando-se das cobranças desnecessárias.

Quando vejo TV, vou ao cinema ou dou uma olhada nas redes sociais, vejo um monte de coisas espetaculares e gente super feliz. Vejo pessoas com famílias sorridentes, animais de estimação adoráveis, casas bonitas, amigos presentes, relacionamentos amorosos e o que frequentemente parecem vidas perfeitas. As coisas que as pessoas postam mostram um mundo de alegria e sucesso, mas nem sempre a vida é assim. Coisas ruins acontecem. Nós ficamos tristes. Surgem situações com as quais nós nem sempre sabemos como lidar. E às vezes pode parecer que, se a nossa vida não é como a vida dos outros, há algo de errado com a gente.

Sempre em tom didático, a autora conscientiza as meninas sobre como é essencial ter uma alimentação saudável, levando em consideração a importância do momento das refeições, a questão do consumo de água, a necessidade da prática de exercícios físicos e outros hábitos saudáveis, sob um viés natural, de forma a romper os padrões que a sociedade impõe para o corpo “perfeito”.

Mayim explica ainda todos os dilemas da puberdade do ponto de vista da neurociência, o que facilita a compreensão e identificação. A autora fala até mesmo dos sintomas físicos da paixão, o que muda no comportamento, os hormônios e os métodos contraceptivos para evitar gravidez precoce e doenças.

A neurocientista aborda também os aspectos pessoais que podem ajudar as meninas a serem fortes para enfrentar as dificuldades da vida. Através de exemplos de pessoas reais que contribuem para a construção de um mundo melhor, Mayim estimula as leitoras a fazerem a diferença.
Read More

sábado, 2 de dezembro de 2017

O último ato do crime no Teatro Municipal

Na magnetizante trama policial O Lado Escuro da Madrugada, o paulistano Roberto Giacundino narra a morte de um publicitário durante uma premiação e a busca incessante de uma jornalista pela verdade.

Entre uma punhalada de adaga e uma investigação perigosa, a obra aborda crimes de ódio, agressão dentro de casa, maus tratos, bullying, uso de drogas ilícitas, e descreve com maestria o universo da alta sociedade jornalística.

Sandra, mesmo atormentada pelo seu passado culposo, vivia para buscar o melhor das notícias. Querendo a veracidade e com voracidade mergulha em uma investigação para descobrir quem poderia ter assassinado o amigo publicitário.

Até o momento era apenas um crime, a não ser pelo fato que em poucos dias uma série de mortes sucedem o primeiro acontecimento e os envolve em uma rede de mistérios.

Sandra Garcia, a excepcional jornalista de guerra; Simão Jordel, irmão da vítima; Fábio Guedes, parceiro de emissora; e Henrique Diolli, um jovem e competente hacker, entram em uma intensa busca pelo verdadeiro assassino de Evandro Jordel. Porém, os detetives aventureiros nem imaginam onde a trama os irá levar e que o passado voltará para assombrar.

O evento havia terminado de forma trágica, e o misterioso caso do Teatro Municipal começa para atormentar e instigar os leitores.
Read More

sexta-feira, 1 de dezembro de 2017

A escrava de Atenas: subjulgada, abusada e amada

O orgulho e a raça das mulheres de Atenas se projetavam para além do desejo de construir uma família aos moldes da sociedade, elas mantinham a certeza de que aquela forma de viver as manteriam seguras, mas não foi assim com Callíope.

A autora Cindy Stockler constrói uma verdadeira guerreira, daquelas que não vemos comumente na literatura, a que luta pela sua vida dentro dos costumes culturais. Callíope – a escrava de Atenas fará os leitores viajarem no tempo para 2.500 anos atrás e poderão desfrutar de todas as sensações que apenas a cidade helênica pode proporcionar.

Bonita e aos 15 anos foi entregue a um homem mais velho, conforme os custumes da época, porém o destino não deixou que se cumprisse. Callíope, em meio a confusão da Guerra do Peloponeso e ataques espartanos, num revés inesperado, é vendida como escrava.

“Tártaros queria 'compensar' o patrão daquele gasto exagerado. Tão logo chegaram à casa, havia ele mesmo grosseiramente cortado os compridos e macios cabelos de Callíope rente à nuca para vender na ágora às ricas mulheres, para fazerem tranças. As outras escravas assistiram à cena onde a novata, ainda meio amedrontada, fora humilhada pelo capataz que, com brutalidade, lhe pegara os cabelos com uma das mãos, machucando-a, e com a outra passara um facão em linha reta, empurrando-a em seguida.
- Venha.... Eu a ajudo... – dissera uma escrava mais velha, apiedando-se da garota que, caída no chão, atordoada, mal conseguia se levantar”.

Longe da família, sem ninguém, não mais dona nem de seu próprio corpo, subjugada à ira do capataz que a odeia, sendo obrigada a ações humilhantes e assediada por ricos cidadãos que desejam seus “favores”, a jovem helênica tudo enfrenta de cabeça erguida, em seu coração sempre prevalecendo a honra de seus pais.

Nesta incrível viagem no tempo – Callíope – a escrava de Atenas – os monumentos, estátuas, cultura e ruas são detalhadas de uma forma viva e real. Facilmente os apreciadores da literatura de romance e de história criam empatia com os personagens e as técnicas de escrita da autora. E, além do romance, a obra permite uma imersão no contexto educacional com um aprêndice cheio de explicações sobre a época e costumes.
Read More

quinta-feira, 30 de novembro de 2017

Conheça o livro "32 cartas" do autor mineiro Aguinaldo Tadeu


Apresentando um texto leve e de extrema fluência, flertando às vezes com um tom mais poético e revelando um olhar arguto sobre as cenas, enredos e personagens que conduzem suas narrativas, Aguinaldo Tadeu é acima de tudo um exímio contador de histórias. 

A dança num baile da juventude; o violonista forasteiro que conquista corações e mentes; um beijo roubado no cinema; os desafios do rei num jogo de xadrez; um menino que gosta de reescrever o final das histórias que lê – é grande a variedade de temas e situações aqui tratados, sempre de maneira cativante e criativa.

Aguinaldo Tadeu nasceu em Belo Horizonte e já morou em Conselheiro Lafaiete, Congonhas, Carmópolis de Minas, Teresina, São Luís do Maranhão e, atualmente, Brasília. É autor dos livros de poesias: De mineiro e louco, com mais um pouco (2006) e Enquanto eles jogam bombas (2009). Pela editora Giostri, é autor do livro de contos O dono do rádio (2011), vencedor da Bolsa de Criação Literária da Funarte, e do romance Desafinados no coro dos contentes (2014). Seu livro mais recente é o infantil A voz dourada das cidades (2017), lançado na FELIT – Festa Literária de São João Del Rei (Setembro, 2017).
Read More

quarta-feira, 29 de novembro de 2017

O famoso gato Manda Chuva encontra a turma do Scooby-Doo em livro


Manda Chuva, o chefe chegou para ensinar as crianças sobre espiritualidade. Na obra Espírito dos Animais, de Luis Hu Rivas, publicada pela Boa Nova, a turma do Scooby-Doo encontra com os gatinhos mais famosos da TV para resolver mais um mistério. 

A intenção deste incrível e curioso título é ensinar aos pequenos como são os espíritos dos animais. A alma de um gato gigante aparece para assombrar o beco e as duas turminhas se unem para salvar o bairro. 

Bom ter vocês aqui! Na escola de polícia não nos ensinam como pesquisar almas. Mas vocês são profissionais!

Quem convida o pessoal da Máquina do Mistério é o guarda Belo, após fugir de medo da alma do gato gigante, mas apesar de muitas reviravoltas, eles conseguem desvendar o caso e salvar o beco da turminha do Manda Chuva.

A obra ainda traz desenhos para colorir, métodos de desenho, labirinto e curiosidades especiais dos personagens.
Read More

terça-feira, 28 de novembro de 2017

Os diferentes manifestos do amor


Em As Quatro Faces do Amor, publicado pela Thomas Nelson Brasil, Miguel Uchôa, conselheiro de casais há mais de trinta anos, explica o fato de o amor poder ser cultivado de diversas formas e de ser a base do relacionamento. 

O propósito desta obra é justamente ajudar o leitor a conhecer e aperfeiçoar cada uma dessas nuances: o amor amante, o amor amigo, o amor irmão e o amor incondicional. 

De maneira bastante direta e didática, Miguel se inspira no clássico livro Os quatro amores, do célebre escritor C. S. Lewis, para caminhar por entre as quatro facetas desse sentimento e dá conselhos valiosos para auxiliar o casal de qualquer idade a desenvolver o amor pleno e verdadeiro em seu matrimônio. 

Como inserir e vivenciá-las na experiência conjugal? O autor discorre de maneira zelosa e enriquecedora os capítulos que contemplam as quatro expressões concretas no contexto das vivências do casal, indispensáveis à saúde e a vitalidade do casamento, são eles: amor Philia, amor Storgé, amor Eros e amor Ágape. 

Em As Quatro Faces do Amor, Miguel Uchôa proporciona ensinamentos para os casais fortalecerem o relacionamento a partir dos ensinamentos de Deus.
Read More

segunda-feira, 27 de novembro de 2017

Caçadores de bons exemplos mostram como tornar o mundo um lugar melhor


Em um relato emocionante, os aventureiros Iara e Eduardo Xavier compartilham no livro Caçadores de bons exemplos diversas histórias inspiradoras de brasileiros, que ajudaram as comunidades que vivem e mudaram a vida de muitas pessoas. Percorrendo mais de 400 mil Km, Iara e Eduardo catalogaram os mais variados projetos nos 27 estados do Brasil.

Por um desejo de ver o melhor dos indivíduos, eles partiram nessa aventura pelo país, para enxergar um Brasil que dá certo. Venderam o próprio apartamento e, sem patrocínio e sem vínculo religioso ou político nenhum, viajaram de carro pelos estados. Sem roteiro, eles buscavam – e encontraram – brasileiros que eram verdadeiramente altruístas e apaixonados por fazer o bem.

Com mais de 1.500 projetos visitados (entre entidades que auxiliam crianças em estado de vulnerabilidade, moradores de rua, animais abandonados, pessoas em tratamento de doenças, incentivo à cultura e educação, e muitos outros), Iara e Eduardo provam que ainda há motivo para se acreditar nas pessoas e em um futuro melhor.

O casal de autores acredita que existem muito mais ações positivas que negativas no mundo e o livro surgiu para apenas demonstrar uma parte delas. Para se ter uma ideia, mais recentemente, a ação se transformou em uma grande mobilização para divulgar o bem, da qual participam milhares de pessoas pelas redes sociais.

Colecionando histórias emocionantes e ideias inspiradoras, Iara e Eduardo continuam na estrada, sempre movidos pelo desejo de descobrir uma sociedade mais humana e mais ativa na construção de um mundo melhor para viver. Caçadores de Bons Exemplos são eles, você leitor e todos aqueles que desejam construir um mundo melhor.

“Pessoas que estão em busca de soluções, e não dos problemas do mundo. Pessoas que fazem a diferença, que dão o exemplo de como viver.” (Eduardo Xavier)

SOBRE OS AUTORES
Iara e Eduardo Xavier Um casal de administradores que largou tudo (casa, família, emprego) para se dedicar ao projeto que muda vidas. Saíram pelo Brasil a procura de bons exemplos, inspiradores, impressionantes e solidários, todos os projetos por eles abordados mudam vidas de milhares de brasileiros pelo país. O casal, cansado de ouvir notícias ruins, resolveu tomar uma atitude. Sem patrocínio e nenhum vínculo religioso ou político, venderam o apartamento e saíram em uma viagem, a partir de janeiro de 2011, pelo mundo em busca de bons exemplos. Percorreram mais de 400 mil Km, catalogaram mais de 1.500 projetos por todos os estados brasileiros. Agora, esta ação se transformou em uma grande mobilização para divulgação do bem, onde participam mais de 150.000 pessoas pelas redes sociais.
Read More

domingo, 26 de novembro de 2017

Faro editorial lança “Dear heart: Eu odeio você” de J. Sterling


A Faro Editorial lança em novembro o romance “Dear Heart: eu odeio você” da americana J. Sterling. Autora best-seller com mais de 500 mil livros vendidos nos Estados Unidos, Jenn é conhecida por escrever sobre mulheres reais, que encontram o amor das mais variadas formas.

Jules era uma dessas mulheres. Focada em sua carreia como corretora de imóveis de luxo em Malibu, ela não tinha tempo a perder com os dramas de relacionamento. Ela queria crescer, e o amor poderia esperar, ou nem acontecer, isso não seria um problema, ela não seria uma pessoa infeliz.

Cal também não estava disposto a desperdiçar sua carreira para lidar com a carência de mulheres sedentas de atenção. Ele tinha um foco, conseguir a sociedade na empresa de investimentos em que trabalhava, e ele estava quase lá.

Mas, o que os dois não imaginavam é que o destino iria atrapalhar os seus planos, e que durante uma viagem de negócios à Boston, eles iriam se conhecer e todos aqueles projetos de vida teriam de ser revistos.

“Não estava pronta para ele. Não tinha nem mesmo me planejado para ele. Cal Donovan, de Boston, definitivamente não estava nos meus planos. Conhecê‑lo foi uma surpresa, que me pegou completamente desprevenida (...) No final das contas, permanecer solteira pareceu funcionar melhor para mim, e eu não tinha planos de mudar meu estado civil tão cedo. E então eu conheci Cal. E ele arruinou com tudo.”
Read More

sábado, 25 de novembro de 2017

Francisco Ricardo: uma tragédia esquecida

Em 1927, um duelo teve lugar na cidade de Santa Maria. Já era noite quando o comerciante Pedro da Silva Beltrão passou em casa para pegar o sobretudo e não encontrou a esposa, Rosa, que teria saído para comprar aviamentos. Surpreso, viu que, na mesma direção, também descia a avenida o poeta e juiz distrital Francisco Ricardo, que andara dirigindo gracejos a Rosa, e decidiu segui-lo. Mais à frente, viu Rosa e viu ainda que Francisco Ricardo a ultrapassava e depois dobrava à esquerda numa rua escura, seguido por ela. Pedro foi atrás e os surpreendeu conversando. Chocado, bradou um insulto ao juiz, já de revólver na mão. O poeta então sacou seu 38. Apenas Rosa sobreviveu.

Este é o fim trágico de uma morte anunciada. Aos 33 anos, Francisco Ricardo já havia sido transferido duas vezes por se envolver com mulheres casadas. O escritor Sergio Faraco e o pesquisador Valter Antonio Noal Filho reconstituem essa tragédia em minúcias, contextualizando a vida do poeta desde o nascimento, em Porto Alegre, até o desventurado epílogo. O acontecimento, que estremeceu Santa Maria, o Rio Grande do Sul e teve repercussão na imprensa do centro do país, está fartamente fundamentado com a cobertura jornalística da época e com a transcrição de documentos oficiais.

A segunda metade do volume é dedicada à produção poética de Francisco Ricardo. Como não poderia ser diferente, grande parte de sua escrita é dedicada ao amor romântico, ao concretizado e ao idealizado, e às saudades que sentiu de sua terra e de sua mãe quando foi estudar no Rio de Janeiro. Tendo publicado apenas um livro em vida, deixou dois inéditos, sendo esta uma oportunidade única de entrar em contato com sua poesia empolgada por ímpetos amorosos.


Pesquisa
O escritor Sergio Faraco e o pesquisador Valter Antonio Noal Filho ficaram fascinados pela história de Francisco Ricardo (1893-1927), poeta e magistrado nascido em Santa Maria (RS) que precocemente aos 33 anos foi morto por um marido ciumento, assassinado por Ricardo a tiros no mesmo duelo, e resgatam aqui esse drama que teve ampla repercussão nacional.

O livro é construído da seguinte maneira: 
1ª: biografia. Os autores traçam uma completa linha do tempo, desde o nascimento de Francisco Ricardo até a tragédia, contada em minúcias. A partir da biografia é possível conhecer o protagonista a ponto de entender a personalidade que o levou para o trágico desfecho. 

2ª: cobertura jornalística. Inclui diversas reportagens e artigos de jornais locais e nacionais sobre a tragédia, além de uma seleção de documentos pessoais dos envolvidos. É possível traçar um paralelo entre a cobertura do caso à época e grandes coberturas de dramas contemporâneos, como o assassinato de Daniella Perez por seu colega Guilherme de Pádua e sua esposa, Paula Thomaz. 

3ª: poesia. Contempla a publicação de parte de sua obra poética, em sua maioria inédita, sendo esta uma oportunidade única de entrar em contato com versos que celebram o amor.

Inclui um caderno de fotos riquíssimo no qual é possível conhecer todos os envolvidos na tragédia (Francisco Ricardo, Pedro da Silva Beltrão e Rosa, sua esposa), onde eles moravam e trabalhavam, o trajeto percorrido pelos personagens no dia da tragédia, os médicos que se envolveram no socorro dos alvejados, entre outras curiosidades.
Read More

sexta-feira, 24 de novembro de 2017

As mais famosas - e lucrativas - séries de filmes baseadas em livros

Para celebrar o Dia Mundial do Livro (23/04), o cineasta brasileiro, residente de Los Angeles Daniel Bydlowski selecionou uma lista das franquias cinematográficas mais famosas baseadas em sagas literárias, e que foram sucesso de bilheteria arrastando bilhões de espectadores para as salas de cinema do mundo inteiro. 

Harry Potter – J.K Rowling

Baseada na série de sete romances da britânica J. K. Rowling, a qual narra as aventuras do bruxinho Harry Potter em Hogwarts. Além de bater todos os recordes de vendas de livros na época de estreia, os títulos adaptados para as telonas são também a franquia de maior sucesso de bilheterias dos cinemas, lucrando cerca de 8 bilhões de dólares ao longo dos oito filmes produzidos entre 2001 e 2011.

O Senhor dos Anéis - J. R. R. Tolkien

A trilogia fantástica O Senhor dos Anéis escrita pelo britânico J. R. R. Tolkien, veio primeiro que outro livro de sucesso do escritor, O Hobbit, e logo se desenvolveu numa história muito maior. Escritos entre 1937 e 1949 e adaptados para o cinema pela primeira vez em 2001, juntas, as sagas O Senhor dos Anéis e o Hobbit contam com seis longas metragens e vários Oscars no currículo. A arrecadação média de bilheteria do sucesso está em torno de 5 bilhões de dólares.

Crepúsculo – Stephenie Meyer

A série de fantasia e romance escrita por Stephenie Meyer, ao longo de 4 livros, narra a história do triângulo amoroso entre Bela, uma jovem humana, Edward, um vampiro e Jacob, um lobisomem. A saga que se transformou em um verdadeiro fenômeno chegou aos cinemas em 2008, alçando Kristen Stewart, Robert Pattinson e Taylor Lautner ao estrelato. Ao longo de cinco filmes – o último volume da série, Amanhecer, foi dividido em dois longas – rendeu uma bilheteria de cerca de 4 bilhões de dólares.

As crônicas de Nárnia – C. S. Lewis

Os sete romances de alta fantasia escritos pelo irlandês C.S. Lewis, traduzidos para 41 idiomas diferentes e tendo vendido mais de 120 milhões de cópias, figuram a lista de obras literárias mais bem sucedidas de todos os tempos. Adaptadas diversas vezes para rádios, teatros e televisão, a obra estreou no cinema apenas em 2005. Com apenas três filmes, a saga que foi vista ao cinema pela última vez em 2010, arrecadou mais de 1, 5 bilhões de dólares entre 2005 e 2010.

50 tons de cinza – E L James

A trilogia que surgiu primeiramente como uma fanfiction da Saga Crepúsculo, a qual a autora E.L.James é muito fã, vendeu mais de quarenta milhões de cópias em 37 países. Com o sucesso estrondoso, não demorou para o soft-porn ganhar espaço nas telonas. O primeiro filme da franquia atingiu a marca de 1,5 bilhões de dólares em bilheterias, já o segundo arrecadou 22 milhões. O próximo filme da saga, Cinquenta tons de liberdade, tem previsão de estreia para fevereiro de 2018.

Jogos Vorazes – Suzanne Collins

Os livros de aventura e ação em um futuro distópico lançados pela autora Suzanne Collins em 2008, chegaram ao Brasil apenas em 2009. Traduzido para 26 idiomas diferentes e com os seus direitos vendidos para 38 países, não demorou para a trilogia virar série cinematográfica em 2012. Com quatro filmes, a história da Katniss Everdeen (Jennifer Lawrence) e Peeta Mellark (Josh Hutcherson) arrecadou mais de 2,2 bilhões de dólares.
Read More

quinta-feira, 23 de novembro de 2017

k-drama: a febre coreana chega ao Brasil na literatura


Inspirada nos Dramas Coreanos, Gaby Brandalise escreve Pule, Kim Joo So, uma história comovente que lembra as produções televisivas da Coreia do Sul, uma febre em vários lugares do mundo. Publicada pela Verus – Grupo Record, a obra é uma das poucas homenagens a essa cultura, que se expande cada vez mais e encontra vertentes até aqui no Ocidente.

Fiel à dramaticidade do estilo do K-drama, a autora faz com que os personagens levem o leitor das gargalhadas às lágrimas em questão de linhas. A intenção dela era que os protagonistas não parassem de se mover, como em um roteiro, e as pessoas tivessem a sensação de estar “assistindo ao livro”. Além das frases curtas que aceleram os passos da narrativa e deixam sem fôlego.

O romance entre Marina e Kim Joo So começa com muitas aventuras, desejos, violência e perseguição. A brasileira e o coreano se encontram de forma inusitada no aeroporto, machucados física e emocionalmente, e começam uma história de amor.

As lágrimas de So molharam seus ombros. Ele a beijou na testa, mantendo os lábios ali, trêmulos, pressionando Marina contra seu corpo, como se não fosse largá-la mais. — So, eu estou bem — disse, fraca. — Eu juro, estou bem.

A cultura da Coréia do Sul marca presença em Pule, Kim Joo So, baseado em doramas, e, ainda, Gaby Brandalise insere palavras, estilos e costumes do país que representa um dos três tigres asiáticos.

Ao dar o play nessa história, o leitor também se sentirá completamente imergido no mundo K-pop, assim como nos sentimos ao ler o manuscrito pela primeira vez. O romance entre Marina e So não é apenas uma história: é uma aventura do começo ao fim. Em lugares opostos do globo, eles têm uma vida muito semelhante, ambos presos aos próprios enredos, medos e deslizes.
Read More

quarta-feira, 22 de novembro de 2017

"A História Secreta das Histórias em Quadrinhos de Robert Kirkman" estreia no AMC


"A História Secreta das Histórias em Quadrinhos de Robert Kirkman" estreia no AMC em 21 de novembro, às 21h30. Os seis episódios vão ao ar sempre no mesmo horario, às terças-feiras. Com produção de Robert Kirkman, a série apresenta personagens e eventos que transformaram o mundo dos quadrinhos, além de trazer entrevistas exclusivas com ícones como Stan Lee, Patty Jenkins, Lynda Carter, Kevin Smith, Famke Janssen, JK Simmons, Michelle Rodriguez e Todd McFarlane.

Além de Kirkman, a série também tem produção de David Alpert ("The Walking Dead", "Fear the Walking Dead"), Bryan e Sean Furst ("Daybreakers", "Dados"), Daniel Junge ("Saving Face", "Being Evel") e Rory Karpf ("The Book of Manning", "Dale").

"Meu amor pelo mundo dos quadrinhos não tem limites", diz Kirkman. "É um universo de histórias incríveis que impulsionaram a cultura pop durante décadas. Ser capaz de explorar os cantos escondidos deste mundo me levou a descobrir segredos que eu não sabia. Foi um prazer fazer esta série e estou muito entusiasmado em compartilhá-la com o mundo", completa.

Além de "A História Secreta das Histórias em Quadrinhos de Robert Kirkman", o AMC estreia em 2018 "A História da Ficção Científica de James Cameron", "A História do Terror de Eli Roth" e "O Anuário do Rap", todas sob a produção executiva de Black Thought e QuestLove.
Read More

Conheça Desejo oculto, obra escrita por L.M. Gomes


A paulista filha de maranhenses, L. M. Gomes, acaba de lançar pela Rico Editora uma obra que vai fazer os leitores revelarem os segredos mais profundos. Desejo oculto, romance hot de muito sucesso na Amazon, recebe versão impressa pela casa editorial.

Na obra, Manuela, não estava feliz com o rumo que sua vida. Uma mulher que não se sentia satisfeita com um relacionamento já fracassado, com um cara que só se importa com seu próprio prazer, embarca em uma aventura sexual muito excitante. Ela se redescobre, se deixa levar pela luxúria. Descobre que ela pode ser uma mulher realizada. E tudo começa quando se encontra com David Owen.

David e Manu vivem cada momento juntos com muita intensidade. Ela quer mais, porém David não pode dar o que ela quer. O que ele deseja é viver um dia de cada vez, com muito sexo, fantasias, desejos ocultos. Eles estão cientes de suas escolhas, mas no coração não se manda, e as coisas poderão mudar quando sentimentos se mostrar mais fortes.

“Eu sou parte dos teus sonhos, e você será sempre parte dos meus delírios.”

L. M. Gomes mostra ao leitor um romance totalmente diferente do tradicional, expondo um novo jeito de ser e uma nova possibilidade de felicidade, e ainda assim mantendo a intensidade no limite mais alto.
Read More

terça-feira, 21 de novembro de 2017

Plataforma 11 conta uma história apaixonante


Um encontro casual, marcado pela inocência da infância. Um amor além das fronteiras, forjado pelo tempo. Esta é a história do encontro, desencontro e reencontro de duas almas destinadas a estarem juntas.

Quando Paulo Muzy colocou seus olhos em Roberta, seu mundo virou de cabeça para baixo. Ele nunca poderia imaginar que os sentimentos que via tremular nas linhas dos poemas românticos fossem tão ou mais real que o ar que respirava. Roberta enxergava apenas o amigo, quando na verdade tinha diante de si o grande amor de sua vida. Mas quando percebeu, já era quase tarde demais...

“Uma história encantadora que mostra que, quando o amor está destinado a acontecer, não importa o tempo, os acontecimentos, os obstáculos... ele sempre sairá vitorioso no final. E o final da história desse casal é lindo!”
M. S. Fayes

Sobre os autores

Roberta Carbonari Muzy nasceu em 1980 e cresceu em São Paulo. Foi comissária de vôo antes de cursar sua primeira faculdade na área de administração de empresas e seguiu carreira executiva por 12 anos, até decidir empreender seus próprios negócios. Proprietária e sócia de duas empresas, uma no ramo da saúde e outra de consultoria de negócios, sempre usou de seu tempo livre para ler e escrever, algumas páginas deste livro têm mais de 20 anos, publicá-las sempre foi um desejo que se concretizou a quatro mãos junto a sua maior realização de vida: o amor. 

Paulo Cavalcante Muzy nasceu no sítio Pérola, entre os municípios de São Carlos e Descalvado, as 7 horas da manhã uma segunda-feira, portanto, depois de um banho, já estava pronto para o trabalho naquele 16 de julho em 1979. Cresceu em Marília e aos 13 anos encontrou seu amor na Praia Grande. Fez Faculdade de medicina em São Paulo, aos 24 formou-se médico pela Escola Paulista de Medicina (que os menos românticos e mais modernos chamam de Unifesp) , serviu então o Exercito Brasileiro com Oficial Médico e aos 27 terminava sua residência médica em Ortopedia e Traumatologia na sua faculdade de origem. Só leu medicina nessa vida e nunca teve tempo para nada sempre estando em dois lugares ao mesmo tempo. Tendo feito durante e depois disso tudo 5 pós-graduações na área de medicina, nutrologia e exercício, nenhum tempo teve para se dar ao luxo a ler romances. No máximo se emocionou com alguns artigos científicos desalmados e sem coração.
Read More

Participe do concurso "É coisa de preto" e tenha chance de publicar sua obra



Quer ver seu livro publicado? Então não desperdice essa chance! Com o concurso cultural "É coisa de preto", a Rico editora está a procura de romances de escritores negros protagonizados por personagens também negros. O vencedor terá seu romance publicado.

Cada participante, com obra já publicada ou não, poderá inscrever seu romance (adulto, infantil ou adolescente) a partir do dia 20 de novembro de 2017. A data de término do concurso acontece no dia 20 de janeiro de 2018, sendo aceitas postagens por e-mail até às 23h59.

A obra vencedora será publicada na Bienal de São Paulo de 2018, com lançamento e autógrafos do autor.

Confira o edital no site da editora: http://bit.ly/2AKP7ZM
Read More

segunda-feira, 20 de novembro de 2017

Conheça Acácio Nobre, o gênio português apagado pela ditadura de Salazar


Algumas vezes, o personagem que todo mundo deveria conhecer é justamente aquele que acaba apagado da história.

É o caso do gênio português Acácio Nobre, uma figura que sempre esteve muito à frente de seu tempo e não por acaso teve quase todos os seus rastros destruídos pela ditadura salazarista.

Para sorte nossa, a escritora e dramaturga portuguesa Patricia Portela, depois de um esforço de 16 anos de pesquisa, conseguiu resgatar grande parte desta trajetória em A COLEÇÃO PRIVADA DE ACÁCIO NOBRE, um livro original, íntimo e fascinante que a Dublinense tem o orgulho de lançar agora no Brasil.

Acácio Nobre (1869?-1974) foi um visionário. Artista. Cientista, matemático, bioengenheiro, poliglota. Apoiador de tudo que pudesse ser genuinamente revolucionário.

Conviveu com Fernando Pessoa, Herman Melville e até Einstein. Construiu quebra-cabeças geométricos, projetou construções impossíveis, inventou o que pode ser considerado um precursor do video-game, planejou e lutou sozinho por uma refundação do sistema educacional português, envolveu-se nas vanguardas artística e literária. Foi, antes de tudo, um notável pensador.

E foi um tanto excêntrico, também. Não se deixava fotografar. Achava absurdo levar bagagem pessoal para onde quer que fosse viajar, mas jamais deixava de carregar consigo um gigantesco fonógrafo nada portátil.

Mas como contar a história de uma personalidade tão ímpar?

O universo acaciano, neste livro, é recriado a partir de cartas, objetos e fragmentos de lembranças, imagens que reconstroem a memória e recuperam a incrível trajetória deste "Leonardo da Vinci português".
Read More

domingo, 19 de novembro de 2017

Representatividade em cena: Por que é importante?


O espaço para pessoas negras na TV, literatura ou cinema não é o mesmo que da população branca. Após centenas de reivindicações de ativistas raciais, as coisas parecem estar mudando, mesmo que lentamente. Nos últimos anos, a representação negra - apesar de ainda ser pequena se comparada a branca – vem crescendo na cultura pop. Hoje em dia séries, livros e filmes têm mais protagonistas negros e mais personagens em posições de igualdade, não apenas em papéis subalternos ou de servidão.

Séries como How to get away with murder, Scandal e Empire, filmes que exploram heróis negros como Pantera Negra ou livros como as da autora nigeriana Chimamanda Ngozi Adichie, colocam o negro em posições centrais e de relevância.

A atriz americana Leslie Jones contou em um programa de TV em 2016 como se emocionou ao ver uma atriz negra quando era criança, e relatou o quanto significou para ela se ver representada na tela. Da mesma forma, o crescimento da venda de produtos e cosplays de personagens femininas entre as crianças, mostra como se ver nas telas é significativo, principalmente para as minorias.

Pensando nisso, no cenário nacional, podemos encontrar a obra “A gente dá certo” de Leonardo Antan, que além de contar uma história gostosa, regada a música e cultura brasileira, tem uma cativante protagonista negra. Juliana é uma personagem forte que traz consigo as marcas que a moldaram durante a vida. Negra, periférica e bissexual nunca se acostumou com as portas fechadas pela segregação e se manteve altiva frente as dificuldades que enfrenta.

O livro levanta discussões relevantes da sociedade como diversidade racial e sexual. Quando se reencontram dez anos após uma separação trágica, Juliana e Rodrigo não se reconhecem mais. Transformados em pessoas completamente diferentes tanto tempo depois. Ela é uma militante negra, engajada, bissexual, que passeou indecisa por diversos cursos das áreas de Humanas. Ele é hétero, branco e não encontra muitos preconceitos sociais em sua trajetória de estudante de Administração, levando uma vida confortável.

“Apesar de eu não optar por cenas que deixassem claro o preconceito, alguns diálogos discutem como a questão racial é muito mais complexa que atos de discriminação explícitos. O racismo está na nossa sociedade de maneira estrutural, impedindo pessoas de acessarem diversos espaços e situações. A relação dos protagonistas exemplifica um pouco isso, já que Rodrigo possui muito mais ‘privilégios’ durante sua trajetória que Juliana.” contou o autor ao explicar os motivos que o levaram a escolher um casal inter-racial como protagonista.

Dos dois lados, há radicalidades, intolerâncias, falta de diálogos e maniqueísmos, dividindo os debates em todas as esferas sociais. Juliana e Rodrigo poderiam ser dois jovens que discutem sobre a visão de vida e sociedade oposta em que vivem, mas o amor que tiveram mais jovens os reconecta. Assim, ambos dão a chance de se escutar e debater verdadeiramente suas perspectivas de mundo. Mesmo que muitos pontos ainda continuem conflitantes, o diálogo é chave fundamental para uma transformação necessária na vida de ambos.

“Foi quando entrei para Ciências Sociais, passando a conviver com novos amigos e repensando um milhão de questões. Eu refleti e falei: por que fico alisando meu cabelo, se ele pode ser bonito ao natural também? Não preciso esconder as minhas raízes ou quem eu sou para agradar alguém... Foi uma transição complicada.” Leonardo Antan – A gente dá certo – Pag. 18
Read More

sábado, 18 de novembro de 2017

Fenômeno hot: febre literária conquista leitores


Livros eróticos fazem cada vez mais sucesso no mercado editorial, Cinquenta tons de cinza, grande referência do gênero, vendeu mais de 100 milhões de cópias ao redor do mundo e fez mais de 270 milhões de dólares em sua estreia no cinema.

No Brasil, muitas editoras começaram a investir no segmento, como a Rico Editora, que abriu espaço para dezenas de autores do gênero e tem obras de sucesso como Apimentando e Contos Secretos. Além disso, com as plataformas online – que permitem que autores publiquem seus livros de forma independente – esse tipo de obra vem sendo cada vez mais estimulada entre os fãs de literatura, transformando dezenas desses livros rapidamente em best-sellers.

Entre essas plataformas, a Amazon é que a mais se destaca, tendo quase 3000 livros eróticos em seu catálogo, muitos deles entre estão entre os mais lidos e vendidos da empresa, concorrendo diretamente com livros de outros gêneros como política, negócios e saúde.

Fazendo parte desse fenômeno, o livro da autora Janaina Rico promete fisgar os fãs do gênero e conta com uma história sensual cheia de guloseimas atrativas. Já nas livrarias está o novo lançamento da Rico Editora, Um doce de confeiteiro, que conta o romance de uma jornalista obstinada em busca de novos horizontes na carreira e um confeiteiro premiado. Em menos de seis meses de lançamento como e-book, o livro já alcançou um milhão de páginas lidas na Amazon. Além de ter sua primeira tiragem de 1000 exemplares esgotada.
Read More

sexta-feira, 17 de novembro de 2017

Clube de Autores tem desconto de até 40% para livros de autores independentes na semana da Black Friday


O Clube de Autores, primeira e maior plataforma de autopublicação da América Latina, oferecerá descontos de até 40% para os livros impressos publicados por sua plataforma na semana da Black Friday. A empresa realiza a promoção, válida para seus 60 mil títulos de ficção e não-ficção, entre os dias 21 e 27 de novembro. 

“Queremos oferecer um benefício real de desconto para os nossos leitores. Eles poderão escolher, entre os mais variados gêneros, do mais representativo acervo da literatura independente do País. Por isso convidamos para consultar o nosso catálogo e descobrir os novos autores que estão escrevendo os próximos capítulos da nossa literatura”, assinala Ricardo Almeida, presidente do Clube de Autores. 

Os descontos serão acima dos periodicamente praticados durante o ano e serão aplicados apenas para compra direta no site do Clube de Autores – não sendo válidos para lojas parceiras. Entre os gêneros há obras de Aventura, Infanto-juvenil, Auto-ajuda, Educação, Artes e outros. Para consultar ou adquirir o livro, basta acessar: www.clubedeautores.com.br.

Sobre o Clube de Autores
O Clube de Autores (www.clubedeautores.com.br) é o primeiro site brasileiro que possibilita ao escritor publicar sua obra sem tiragem mínima – sob demanda – e sem nenhum custo. Fruto da união dos sócios Indio Brasileiro Guerra Neto, Ricardo Almeida e Anderson de Andrade, o site inovou no segmento de publicação de livros. Há oito anos no mercado editorial, contabiliza 50 mil autores e um acervo de aproximadamente 60 mil títulos.
Read More

Contos secretos fez sucesso no formato e-book e agora chega na versão física


Quais são os seus desejos? O que deseja, entre os lençóis da cama, que nunca ousou contar para ninguém?

Criado em março de 2016, o projeto Contos Secretos foi escrito pelo autor Danilo Barbosa para descrever, em textos curtos e eróticos, os desejos femininos. E o resultado foi um sucesso absoluto. Com cada conto apadrinhado por uma autora conhecida do gênero, cinco de seus textos publicados na plataforma digital Amazon se tornaram best-sellers e referência de vendas.

O primeiro deles, Três formas de Amor, figurou durante 90 dias entre os 10 mais vendidos. Em seguida vieram A dança do assassino, que narra a história de uma mulher desiludida com a vida que contrata um criminoso profissional para matá-la. Fidelidade, que é o encontro de um trabalhador que trai a esposa no Dia dos Namorados com uma prostituta. O sorriso da secretária, que mostra uma secretária dominatrix que pune o chefe misógino com requintes de prazer. E O Feio, que mostra o relacionamento da moça mais bonita de uma vila no interior, com o homem mais feio do lugar.

Devido ao grande número de pedidos dos leitores, junto ao grande números de elogios, por ser um homem capaz de desvendar através das palavras os desejos femininos, Danilo Barbosa decidiu fazer uma versão impressa do livro, lançado pela Rico Editora. A obra conta com dois contos extras: O presente de Natal e O garoto.
Read More

quinta-feira, 16 de novembro de 2017

Terceiro volume de livro escrito por apenados será lançado na Feira do Livro de POA

A Superintendência dos Serviços Penitenciários (Susepe) lança nesta quinta-feira (16), o terceiro volume do livro 'Vozes de um Tempo'. A obra, que é totalmente escrita por apenados e apenadas do sistema prisional gaúcho, será lançada na 63ª Feira do Livro de Porto Alegre, que ocorre na Praça da Alfândega até o próximo dia 19.

Este volume contém 130 poesias e ilustrações que contemplam a produção literária de 112 pessoas privadas de liberdade, de todos os regimes. Os (as) participantes são oriundos de 33 casas prisionais, que abrangem as nove regiões penitenciárias do estado.

O lançamento ocorre às 15h30, na Tenda da Pasárgada, em frente ao Memorial do RS, e contará com a presença de cerca de sete presos (as), que irão representar todos (as) que participaram da produção. A finalidade da confecção do livro é estimular a produção textual e fomentar a prática da leitura e da escrita nos estabelecimentos prisionais.

A organização dos escritos e montagem da obra foram feitas pelo setor de Educação Prisional do Departamento de Tratamento Penal da Susepe, em parceria com o Banco de Livros da Fiergs/Bancos Sociais e a UniRitter. O setor de Educação Prisional visa a criar espaços de aprendizagem nos presídios, viabilizando o acesso à educação formal, educação complementar e a qualificação profissional, promovendo assim a inclusão social por meio do conhecimento.
Read More

Indulto ao Corso conta uma história cheia de aventura e mistérios


Depois de lançar cinco obras de fantasia, Roxane Norris chega para deixar sua marca nos livros de época em sua terceira publicação do gênero. Com uma trama instigante, Indulto ao Corso vem para agradar os apaixonados de plantão, que não dispensam uma história cheia de surpresas e personagens cativantes. 

Na narrativa, Rose Anne perdeu a mãe cedo e foi criada pelo pai, um dos conselheiros da Rainha Vitória, cuja costumeira ausência construiu na filha um espírito livre e rebelde. Temendo que na fase adulta a jovem se perdesse de vez, seu pai a enviou às colônias para viver com a tia. Uma viúva de posses, que certamente daria mais atenção a Rose e, se tivesse alguma sorte, juízo. 

Contudo, um espírito que nasce livre está longe de ser domado, e Rose se vê numa intrigante rede de tráfico de informações que envolve não somente seu noivo, como também um corsário temido naquelas águas, Scar. Um homem que fará qualquer coisa para provar sua inocência, ainda que isso signifique dispor de Rose.

Os personagens intrigantes e corajosos, com destaque para construção de uma protagonista revolucionária e à frente de seu tempo, prometem seduzir os leitores que anseiam por novas aventuras literárias até a última página.

“Rose sentiu o efeito da tensão que se espalhava por seu corpo na forma de um torpor intenso, e a fez cambalear junto a oscilação da embarcação, atirando-a de encontro aos braços de Scar. A breve colisão de seus corpos, trouxe uma quentura avassaladora para brincar em suas peles. Num movimento medido, ele a enlaçou, como se Rose pudesse ser abrigada do mundo a sua volta. Sentiu o corpo dela reagir ao contato, relaxando sob seu abraço. Incapazes de se afastarem, Rose inclinou o rosto para cima, forçando-se a fitá-lo.” (pg 56) (Roxane Norris)
Read More

Literatura: é possível superar a morte de um filho?

Como enfrentar a dor da perda? É necessário entender como desapegar da matéria! A obra Um Quarto Vazio, escrito por Roberto de Carvalho, publicado pela editora Boa Nova, mostra personagens que perderam um ente querido e explica o que é preciso para conquistar o entendimento desta situação.

Inspirado pelo Espírito Francisco, o autor narra a história de um jovem assassinado por criminosos. Conta de que forma a pessoa que faleceu é recebida após a passagem, sobre as dificuldades do desprendimento do corpo físico e das angústias que sente.

Em outro panorama desta trama, um pai e uma mãe recebem a notícia da morte de seu filho. Os sentimentos de dor, desolação, raiva, por vezes a culpa e, até mesmo, negação, são esperados. Entre os seres humanos, não há possibilidade de encarar de outra maneira falecimento tão prematuro e cruel.

(...) esses “altos e baixos” fazem parte da eterna aprendizagem do existir e que nenhuma experiência, seja de gozo ou de sofrimento, dura mais do que o tempo necessário para os devidos ajustes ao cumprimento das leis universais a que toda a humanidade é submetida, para a sua própria evolução.

Neste contexto, Roberto de Carvalho escreve tudo que envolve situações que levam indivíduos criminosos a cometerem tais atrocidades e o que se passa dentro daqueles que perdem uma pessoa querida. Com muita propriedade são correlacionadas as situações que acerca luto, crime e futuro para quem continua vivo.

Em Um Quarto Vazio, os leitores irão compreender melhor as fases do processo de morte, as atitudes que podem ser tomadas em relação a este fato irrevogável e de que forma é possível entender que este acontecimento natural é necessário para a evolução do ser humano.
Read More

quarta-feira, 15 de novembro de 2017

“Deixada para trás” de Charlie Donlea chega às livrarias em novembro


Nicole Cutty e Megan McDonald não tinham tanto em comum além de estudar no mesmo colégio. Megan era a garota perfeita, cheia de amigos, com uma bolsa para a universidade de Duke, filha do xerife da cidade e com um belo futuro planejado. Nicole era conhecida por seus excessos, por sua agressividade, e muito popular entre os garotos. Duas garotas completamente diferentes, mas que tiveram o mesmo destino trágico: foram sequestradas por um psicopata.

E somente Megan escapou para contar sua história.

A Faro editorial lança em novembro o segundo livro do elogiado Charlie Donlea. Depois do sucesso de seu livro de estreia, “A Garota do Lago”, com mais de 50.000 copias impressas no Brasil em 2017, o autor nos apresenta um thriller para devorar, onde duas garotas encontraram seu pior pesadelo na mesma noite, mas apenas uma pode contar o que aconteceu. Ou o que ela pensa que aconteceu...

Quando Megan consegue escapar do bunker em que esteve isolada durante duas semanas seu primeiro instinto foi de correr em busca de ajuda. Resgatada, machucada, traumatizada, mas livre, Megan virou a notícia instantânea do país. Mas e Nicole? Depois de um ano, Megan se torna autora best-seller com seu livro “Desaparecida”, em que narra as partes nebulosas do que aconteceu durante duas semanas em poder do sequestrador. Sua mente não consegue lembrar de detalhes e muito menos de Nicole Cutty.

Diferente do restante do país, a médica legista Lívia Cutty não é uma das fãs de Megan e de sua história, afinal, sua irmã também foi sequestrada naquele mesmo dia, e ainda estava desaparecida, mas parece que histórias como a de Nicole não merecem ser contadas. Era o que ela pensava até que numa manhã o cadáver de um suposto suicida chega ao necrotério e Lívia descobre se tratar de alguém morto há mais de um ano e ligado ao passado de Nicole.

Procurando respostas para o que realmente aconteceu com sua irmã, Lívia entrará numa busca intensa por novas pistas e ligações entre Nicole, Casey e outras garotas também desaparecidas sob condições semelhantes, algo que começa a desenhar uma relação macabra sobre o destino de sua irmã.

Lívia e Megan vão unir forçar para tentar reviver aquela noite e encontrar uma saída para o labirinto que a mente de Megan criou. Será que Nicole ainda estaria viva? Porque Megan conseguiu fugir? O que Casey tem a ver com essa história? Por que parece que ninguém está interessado no paradeiro de Nicole? Quem estará por trás disso?

Mesclando flashes do passado e do presente – uma das características mais marcantes dos livros de Donlea -, o leitor vai mergulhar numa busca desesperada por pistas em cada um dos detalhes sinistros dessa história. Afinal, uma vida pode acabar, mas às vezes seu caso se mantém vivo para sempre.
Read More

Conteúdo Relacionado

© 2011 Uma Leitora, AllRightsReserved.

Designed by ScreenWritersArena